Início Respostas Consultório Campo linguístico: Maiúsculas/minúsculas
Guilherme Ramso Pestana Estudante Funchal, Portugal 294

Como se escreve corretamente o nome do pico do Areeiro, na ilha da Madeira? É comum ver-se escrito «Pico do Arieiro», com i, em jornais e até no respetivo artigo na Wikipédia. No entanto, penso ser Areeiro, com e, a forma correta, pois o nome tem a mesma origem de areia e consta noutros topónimos portugueses.

Diogo Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 258

Diz-se numa resposta anterior: «O uso de p maiúsculo em Península Ibérica não é recente. Já em 1947, Rebelo Gonçalves no seu Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (pág. 338/339), assinalava algumas combinações vocabulares que "apesar de baseadas em palavras designativas de acidentes geográficos, formam no seu conjunto locuções toponímicas e, consequentemente, não dispensam a maiúscula inicial naqueles elementos: Grandes Lagos, Península Ibérica, etc.»". Pergunta: a maiúscula em Península aplica-se apenas a «Península Ibérica» (é um caso excecional) ou este acidente geográfico deve sempre ser grafado com caixa alta?

Obrigado.

António Costa Reformado Lisboa, Portugal 752

Que quer dizer «figuras de "Saxe"»?

David Pereira Engenheiro Lisboa, Portugal 1K

Como se deverá escrever: «rio Tejo», ou «Rio Tejo»? «Ribeira das Vinhas», com maiúscula inicial em ribeira, ou «ribeira das Vinhas»?

Pedro Rodrigues Professor Lisboa, Portugal 1K

Distingo sem problemas bíblia (enquanto livro) de Bíblia (texto sagrado). A minha questão prende-se com esta última: por que razão surge frequentemente, até entre conceituados escritores, sem aspas ou sem itálico? Por que razão não segue as normas usuais de título de obra?

Marilene Marques de Oliveira Tradutora e intérprete simultânea Cidade do México, México 3K

Porquê o uso tão difundido da forma Ibero-América com duas iniciais maiúsculas? Por se tratar de uma palavra formada por composição, não deveria ser "Ibero-américa", somente com a letra inicial maiúscula, como qualquer outro nome próprio?

António Pereira Ex-professor Setúbal, Portugal 6K

Trago à vossa consideração duas questões.

QUESTÃO 1: Estabelecendo a Base XV do novo Acordo Ortográfico (AO) que se emprega o hífen «nas palavras compostas que designam espécies botânicas e zoológicas», não deveriam todas as palavras que designam espécies de maçãs (por exemplo, maçã-reineta) ser hifenizadas? Não encontro nenhuma palavra que designe espécies de maçãs no VOP (nem de peras: pera-rocha, pera-acabate, etc.). Qual a diferença em relação a feijão-verde (que nem umaespécie é…), batata-semente, couve-roxa, couve-galega ou abóbora-menina?

QUESTÃO 2: Relativamente aos pontos cardeais, diz o novo AO que se usa maiúscula «Nos pontos cardeais ou equivalentes, quando empregados absolutamente: Nordeste, por nordeste do Brasil, Norte, por norte de Portugal». Já a Convenção de 1945 diz que «Os nomes dos pontos cardeais e dos pontos colaterais (…) recebem, por excepção, a maiúscula, quando designam regiões: o Norte do Brasil; os mares do Sul; os povos do Oriente».

Tenho alguma dificuldade em interpretar o «absolutamente»… A noção de região esbate-se com o novo AO?

1. «Vou para o Norte, mas a minha mulher ficou no Sul… No sul de Espanha, devo acrescentar!»

As maiúsculas/minúscula parecem indiscutíveis.

2. «Vou para norte.» / «Viramos para sul.» / «Siga a direção norte!» / «Meca fica a leste.»

As minúsculas são adequadas? Se sim, como explicar a questão do «absolutamente»?

Finalmente, na generalidade dos guias diz-se que os pontos cardeais se escrevem com maiúscula quando designam regiões. Não vos parece ser esta uma “recuperação” do texto de 45 simplista e potencialmente incorreta como se pode constatar no exemplo “norte de Portugal”?

Obrigado.

Joana Portela Revisora de texto Aveiro, Portugal 4K

Gostaria de saber se os produtos com denominação de origem protegida (DOP) devem grafar-se com maiúscula ou com minúscula inicial (por exemplo: Queijo Serra da Estrela; Queijo Terrincho; Borrego Terrincho; Carne Marinhoa; etc.).

João Pessanha Estudante Rio de Janeiro, Brasil 32K

Apesar de ter dado uma lida prévia em perguntas parecidas, não ficou claro para mim como proceder. Por favor, gostaria que esclarecessem:

Depois de ponto de exclamação ou de interrogação, quando o pensamento não estiver inteiramente completo ou quando se seguir uma oração de narrador, usa-se letra maiúscula ou minúscula? Exemplos:

«Que é isso? você enlouqueceu?»

«No mundo tereis tribulação, mas, coragem! eu venci o mundo.»

«Que paisagem linda! exclamou Pedro.»

«Que você dizia? indagou Lúcia»?

Ou:

«Que é isso? Você enlouqueceu?»

«No mundo tereis tribulação, mas, coragem! Eu venci o mundo.»

«Que paisagem linda! Exclamou Pedro.»

«Que você dizia? Indagou Lúcia»?

Sara Felício Tradutora Lisboa, Portugal 5K

Gostaria de saber qual a forma mais correcta de grafar (com maiúsculas ou minúsculas) os nomes das guerras e das batalhas, de acordo com o novo AO.