Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Abertura Ver mais

1.   Coincidente com a pausa escolar do Natal em Portugal, o Ciberdúvidas regressa com as suas atualizações regulares* a 2 de janeiro de 2018. Até lá, desejamos Boas Festas e um feliz ano novo a todos os que, por este mundo fora, nos consultam regularmente, querendo saber sempre mais sobre a língua portuguesa**.

* 2 de janeiro de 2018 – uma  terça-feira, o dia das atualizações temáticas semanais do Ciberdúvidas. Entretanto, sempre que a atualidade ou a relevância informativa o justificar, não deixaremos de o assinalar nos Destaques.  

**Cf. Votos de Boas-Festas e feliz Ano-Novo + «Ano Novo» e «Ano/ano novo» + Votos de próspero ano novo! +  Boas-festas, «boas festas para todos!»

2.   No consultório ficam em linha nove novas respostas. Giram, por exemplo, à volta da sintaxe (aquiaqui e aqui, entre outras), sobre a diferença semântica de simulacro e de simulação e quanto à acentuação da palavra silêncio. Ou, ainda, a propósito desta pergunta: «Em que contextos se deverá usar a forma de tratamento "Dona" com uma senhora?»  

3.   O episódio 34.º do programa do provedor do telespectador da RTP, “A Voz do Cidadão”, debruçou-se de novo sobre o mau uso da língua nos vários canais da televisão pública portuguesa. Algumas das incorreções e desvios à boa ortografia mais recorrentes aí foram**** comentados pela nossa consultora Sandra Duarte Tavares. Como se pode (re)ver a partir do minuto 7.

**** Foram referidos os casos  do mau uso dos verbos evacuarintervirver e vir; da expressão "mau estar"; do plural do pronome indefinido qualquer; da prolação de acordos, de alcoolemia e de rubrica; e  da confusão entre o  e o à.

 

4.   Iniciativa da Porto Editora, que se vai repetindo desde 2009, a votação para a palavra 2017 decorre até ao dia 31/12. A votação far-se-á entre os 10 vocábulos previamente selecionados: afeto, cativação, crescimento, desertificação, floresta, gentrificação, incêndios, independentistaperegrino e vencedor.