Consultório - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Respostas Consultório Tema: DT (Dicionário Terminológico)
Luís Magalhães Professor Porto, Portugal 93

Antes de mais, deixo o meu elogio a toda a equipa do Ciberdúvidas pelo brilhante trabalho que tem vindo a desenvolver. Seguidamente, o meu pedido de esclarecimento.

Na frase «O cavalo que andava costumado às escaramuças (....)» [ retirada de Contos Tradicionais do Povo Português, Teófilo Braga], qual é a função sintática do constituinte «às escaramuças»?

Agradeço antecipadamente a vossa resposta.

Guilhermina Rebocho Professora Évora, Portugal 274

Na frase «D. Dinis foi um poeta cuja atividade decorreu nos séculos XIII-XIV», o manual que utilizo considera o antecedente de cuja é «D. Dinis». A resposta está certa? Se sim, porquê?

Obrigada.

Alice Esteves Vaz Professora Coimbra, Portugal 292

Na frase «Não dormi muito bem»,  «muito bem» desempenha a função de modificador ou complemento oblíquo?

Sónia Silva Professora Porto, Portugal 209

Tenho uma dúvida em relação à seguinte frase, presente num manual escolar: «Em 1929, Hergé publicou a primeira prancha de Tintin.»

Considerando que «Em 1929» corresponde à função sintática de modificador, podemos considerá-lo como parte integrante do predicado?

Obrigada.

Maria Dias Professora Lisboa, Portugal 333

Posso aceitar pobre, em vez de pobr- como forma de base da palavra pobreza? Ou posso aceitar as duas?

Obrigada.

Ana Vilhena Professora de Português Lisboa, Portugal 292

Na frase «A Sara gosta da maneira como o Rui fala de livros», a oração subordinada adjetiva relativa restritiva assume a função sintática de modificador do nome restritivo ou complemento do nome, atendendo à natureza do nome maneira?

Susana Teresa Belo do Carmo Professora Famalicão, Nazaré, Portugal 339

Em primeiro lugar, um enorme agradecimento por este vosso espaço: um verdadeiro "Templo do Saber".

A minha dúvida prende-se com as palavras aritmética e dramaturgo que, no manual de Português com que trabalho atualmente, aparecem classificadas como sendo palavras compostas. Não consigo encontrar, na bibliografia que me costuma servir de apoio (gramáticas, dicionários e afins), qualquer explicação que suporte esta classificação. Estará correta? Se sim, quais os elementos que entram na composição de cada uma destas palavras?

Um grande bem-haja pela vossa disponibilidade e partilha.

Diana Fernandes Estudante Porto, Portugal 377

Como distinguir o sujeito pós-verbal do complemento direto, uma vez que, para obter ambos a pergunta pode ser «o quê?»?

Maria Manuela Cunha professora aposentada Porto, Portugal 409

Nas orações cujo predicado é um verbo não finito tal como: «tomar este remédio é importante» ou «olhando as estrelas, descobrem-se coisas» qual é o sujeito destas orações? Expletivo?

Danilo César dos Santos Lima Professor Belo Horizonte, Brasil 757

Gostaria de saber se existem diferenças consideráveis entre vocabulário e léxico, sobretudo no que tange aos aspectos semânticos. A lista de um "vocabulário" de uma determinada área do conhecimento (teologia < sacramentologia < tipologia < mistagogia, filosofia), poderia significar a formação de um léxico? Existem estudos a respeito?