Início Respostas Consultório Tema: Classes de palavras
Patrícia Antunes Economista Coimbra, Portugal 266

Peço desculpa pela pergunta ingénua, mas podem, por favor, confirmar-me se existe a palavra "dispendiosidade"? Devo, ao invés, utilizar o termo "dispêndio"?

Grata pela atenção.

Luís Pereira Professor Coimbra, Portugal 642

Por que motivo se designa, nalguns manuais, a categoria de pronome pessoal, quando este não se refere a uma pessoa, mas sim a um objeto? Parece-me incoerente. Vejamos o caso: «Vamos comprá-la (uma casa).» Neste exemplo seguinte já faz sentido: «Ele cumprimentou-a (a Raquel).» Podiam explicitar-me o motivo de se chamar pronome pessoal no primeiro caso?

Muito obrigado pelo vosso tempo.

 

Maria Lopes Faro, Portugal 1K

Gostaria de confirmar se a palavra álbum é um nome comum ou um nome comum coletivo. Segundo alguns dicionários, define-se como:

1. Livro em branco para colecionar fotografias, postais, selos, recortes, etc. 2. Livro em branco em que se coleccionam notas, pequenas composições literárias, autógrafos, etc. 3. Livro com muitas ilustrações, geralmente acompanhadas de pequenos textos (ex.: álbum de banda desenhada). 4. Obra musical de longa duração, gravada em suporte físico (CD, vinil, etc.) ou digital.

Entendo que será um nome comum. Está correto?

Obrigada.

Elsa Moreira Amarante, Portugal 840

Redil é um nome comum ou um nome comum coletivo. Ex: «Juntou as cabras no redil.»

Rafael Streithorst Pesquisador Cachoeirinha, Brasil 1K

Quando sabemos que a palavra até está exercendo a função de advérbio de inclusão ou está funcionando como uma preposição?

Diogo Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 484

Ouve-se e lê-se cada vez mais a expressão «de volta de». Pergunto, por isso: é aceitável uma frase como «Aquela pessoa está na sua rotina, de volta dos assuntos habituais»? Não se deveria dizer/escrever «à volta de» ou «em volta de»?

Diogo Waydown Estudante Porto, Portugal 4K

«Peço imensa desculpa» ou «peço imensas desculpas»?

Maria Gabriela Ferreira Professora Maia, Portugal 712

Poderiam esclarecer-me, se fazem o favor, se a palavra guarda-chuva ( processo de formação – composição morfossintática), poderá ser considerada da mesma família de chuva.

Muito obrigada pela atenção.

Ana Estudante Braga, Portugal 450

A minha questão é a seguinte: o vocábulo "piscetariano" existe? E "piscetarianismo"?

Obrigada.

Arsénio Sacramento Tradutor Cascais, Portugal 361

Em que contextos se usa cada uma das expressões que se segue: «de harmonia com» e «em harmonia com»?