Consultório - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Respostas Consultório
Carolina Torres Engenheira informática Portugal 219

Sei que a expressão habitual é «estou a caminho», mas eu tenho o hábito de dizer «vou a caminho».

É correcto dizer-se «vou a caminho» (de um lugar)?

Exemplo: «Vou a caminho do trabalho»

Desde já obrigada pela atenção.

Ana Franco Professora Portugal 84

Solicito o vosso contributo para a identificação do valor aspetual presente na frase «A política vai-se enchendo de ex».

Atempadamente grata e votos de continuação do excelente trabalho que têm desenvolvido!

Maria Amélia Próspero Colaço de Andrade Secretária de direção Lisboa, Portugal 105

A pergunta é: alguma vez, nalgum texto em português europeu, o termo terno (Brasil) foi usado com essa semântica («fato completo de três peças»)?

A questão surgiu após debate com alguém que afirma ter já lido num texto talvez antigo, em português europeu, o termo, com o mesmo significado que tem hoje no Brasil.

Pedro Ludgero Professor Vila Nova de Gaia, Portugal 183

Gostaria de saber qual é a forma correta do nome: "Gertrude" ou "Gertrudes"? Ou ambas são aceitáveis?

Obrigado.

Maria João Carvalho Professora Lisboa, Portugal 178

N[um] enunciado como «Agora ele tem vivido em Coimbra», podemos apreciar o valor aspetual iterativo ou imperfetivo?

Já li, nas vossas respostas, que os dois valores básicos são o perfetivo e o imperfetivo e que os outros – habital, iterativo e genérico são situações –, mas cada manual e cada gramática dão a sua explicação e os seus exemplos para configurar os vários valores aspetuais (que são sempre os mais flagrantes) e não consigo encontrar um consenso.

Assim sendo, os enunciados construídos com complexos verbais como «tens vivido» ou até no pretérito «tinhas feito» configuram sempre o mesmo valor aspetual ou depende do contexto específico de cada frase?

Grata,

Fátima Osório Administrativa Carcavelos, Portugal 225

O que é mais correcto: «Estou grata por este dia de sol», ou «Estou grata a este dia de sol»?

A questão é se o objecto da gratidão (este dia de sol) deve ser precedido de por ou de a. No mesmo sentido, quando se deve usar «grata por...» e «grata a...»?

Obrigada.

Luís Pereira Professor Coimbra, Portugal 157

Poderiam confirmar-me a evolução fonética de dous>dois? Houve alguma epêntese do i? É apenas um processo de regularização da escrita? É esta a minha dúvida.

Obrigado pelo vosso trabalho.

Daniel Ferreira Técnico de equipamento médico Coimbra, Portugal 181

Durante muito tempo ouvi a expressão «Siga para Vigo!». Há uns anos comecei a ouvir «Siga para bingo!».

Sempre supus que a primeira teria uma raiz histórica, mas a verdade é que a segunda tem uma origem bem determinada.

Qual é a correcta?

Cláudio Oliveira Consultor Porto, Portugal 208

Qual a diferença entre «por vir» e «para vir»? «O melhor está por vir» ou «o melhor está para vir»?

Encontro na Internet a utilização de ambos e não consigo perceber qual está correcto[1]. Podem ajudar por favor?

Muito obrigado.

 

[1 O consulente escreve conforme a norma anterior à atualmente vigente.]

Lucas Moori estudante Porto Alegre, Brasil 239

O é da palavra xibolete pronuncia-se aberto ou fechado?