Consultório - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Respostas Consultório
Maria Emília Soares Costa Professora reformada Lisboa, Portugal 140

Qual a etimologia de iteroparidade?

Mário Amaral Jurista Lisboa, Portugal 148

Em certos tipos de textos jurídicos é costume utilizar alíneas como no seguinte exemplo (enumeração de factos):

"1. Factos Provados 1.1 Da acusação a) No dia 31 de janeiro de 2023 coloquei uma dúvida ao Ciberdúvidas; b) [...]"

Sucede, por vezes, que o número de itens é tão elevado que se dão várias "voltas" ao alfabeto, chegando-se, por exemplo à alínea zzzzzzz).

Este tipo de situações, para além de parecerem algo ridículas, suscitam dificuldades de formatação nos processadores de texto e geram alguma confusão nas remissões para as alíneas, dando azo a lapsos e retirando a utilidade prática às remissões, que utilizo sobretudo quando o texto das alíneas é de alguma extensão para poupar repetições.

Exemplo: "Como se diz na alínea zzz) [...]; Na alínea yyyy lê-se [...]; Remete-se aqui para a alínea ffff), etc."

Haverá alguma outra maneira correta de designação dos itens de modo a evitar dar tantas "voltas" ao alfabeto?

Agradeço a atenção dispensada.

Francisco Pires Professor Jyväskylä, Finlândia 253

Gostaria de saber qual é a tradução da palavra inglesa : cototient.

Muito obrigado.

Julian Alves Estudante Roma, Itália 140

Não estou seguro da pergunta que vou fazer, pois não tenho certeza de como a expressão é escrita.

Mas eu gostaria de saber se a expressão «da hora que…» ou «das horas…» é de origem antiga e se enraizou por isso no dia a dia, pois é muito ouvida numa situação de impaciência. Ex.: «Das horas que eu estou aqui nesta fila esperando e não sou atendido.»

Desde já, obrigado.

Guilherme Marforio Estudante São Paulo, Brasil 248

O substantivo “visavó” pode ser considerado uma variante de bisavó ou é uma forma errônea?

Embora seu uso não seja muito comum, eu o ouço razoavelmente.

Sávio Christi Ilustrador, quadrinista, escritor, pintor, letrista e poeta Vitória (Espírito Santo) , Brasil 138

Tenho usado em muitas mensagens de e-mails colocar bem assim: "Atenciosamente e cordialmente".

A questão é: atenciosamente e cordialmente são termos sinônimos? Caso sejam, qual deles é o mais recomendável? E por quais motivos, na realidade?

Muitíssimo obrigado!

Jaroslav Dobias Professor Bratislava, Eslováquia 388

Entendo que a forma tens termina com s e o pronome a tem de ser subsituido por la.

Mas não compreendo por que a forma "teNs" muda para "teM".

Há alguma regra que explique porque termina em m neste caso e não em n de tens?

Obrigado.

Vitor Pereira Engenheiro de software Portugal 146

É possível desenvolver um algoritmo – sequência de instruções – que tendo como input um texto em português consiga, como output, indicar se esse texto é em português do Brasil ou de Portugal?

Obrigado

Mari Alves Professora Lagoa da Prata, Brasil 188

Em relação à concordância verbal a frase abaixo está correta?

«Sua vida era a escrita, a leitura, a música.»

Obrigada.

Lara Barros Estudante Viseu, Portugal 220

Qual é o valor modal de "basta"?