Início Respostas Consultório
Maurivam Galdino Costa Revisor Santo André, Brasil 206

Qual o significado da expressão «de que adianta»? Está correta esta frase?

Diogo Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 649

Estou a rever um livro em que os tradutores usam várias vezes a expressão «Seria que» em vez do «Será que», mais habitual. Por exemplo: «Seria que me pode dar um copo de água?». Esta construção faz algum sentido?

Obrigado.

Aline Souza Servidora pública Cruzeiro, Brasil 505

Na frase «o pensar e o agir de um deve coadunar no pensar e no agir do outro». Este verbo deve, fica no singular ou no plural?

Palmira Reis Secretária Guarda, Portugal 336

A palavra "garantístico/a" existe? Foi vista neste contexto:

«A inexistência de contrato de trabalho... não invalida que exista uma relação laboral... mas apenas que ela é mais precária e menos garantística para o trabalhador.»

Olga Borges Professora Évora, Portugal 377

Tenho ouvido a forma verbal espartilhar ser usada em contextos cujos sentidos são os de «estar repartido por» ou «estar dividido em várias partes ou segmentos», como por exemplo «os critérios de avaliação estão espartilhados em vários domínios». Parece-me que a palavra é derivada por sufixação cuja base é espartilho que apresenta um sentido oposto («apertar», «comprimir»). A palavra pode ter aquela aceção?

Obrigada.

Daniela Afonso Portugal 669

Na literatura, encontra-se muitas vezes a expressão «ao cair da noite» e nunca «ao cair a noite». Esta última não se usa por não ser correta? Ou ambas estão corretas e têm o mesmo significado, mas a primeira é mais adequada? Por exemplo:

«Ao cair da noite, o homem desapareceu.»

«Ao cair a noite, o homem desapareceu.»

Estarão ambas as frases corretas?

Muito obrigada!

Diogo Morais Barbosa Estudante Lisboa, Portugal 646

Deparei com uma frase onde se pode ser que «o Luís postou-se de frente ao Pedro». Pergunta: não deveria ser «em frente a» ou «defronte a»? A construção «de frente a» é admissível e, se sim, é admissível neste contexto?

Obrigado.

Maria Marques Terapeuta Medicinas naturais Lisboa, Portugal 297

Na língua portuguesa pode utilizar-se a palavra "desrespeituoso/a" (adjetivo), em vez de desrespeitoso?

Em várias notícias de variados blogues e jornais conceituados posso ler a palavra "desrespeituosa/o", como por exemplo, no texto e na notícia abaixo indicados:

«Os trabalhadores encontram-se numa situação totalmente incerta, sem qualquer garantia sequer de que irão receber os seus salários. Esta situação é, evidentemente, completamente ilegal e desrespeituosa dos direitos do trabalhadores e já foi denunciada pelos sindicatos do sector [...].» [de uma notícia das páginas eletrónicas do Partido Comunista Português]

«Declarações que fizeram com que a socialista Luísa Salgueiro pedisse a palavra: “Nunca ouvi nestes 12 anos ninguém a ser tão desrespeituosa com os deputados como a senhora bastonária”, declarou [...].» (notícia do jornal Público de 4 Jan. de 2017)

Obrigada.

Guilherme Ramso Pestana Estudante Funchal, Portugal 294

Como se escreve corretamente o nome do pico do Areeiro, na ilha da Madeira? É comum ver-se escrito «Pico do Arieiro», com i, em jornais e até no respetivo artigo na Wikipédia. No entanto, penso ser Areeiro, com e, a forma correta, pois o nome tem a mesma origem de areia e consta noutros topónimos portugueses.

Renato Souza Rio de Janeiro, Brasil 297

Pode substituir-se a frase «terminarei isto em seis dias» por «terminarei isto em dois tríduos», sem perda de sentido quanto ao tempo em que a tarefa será concluída ?