Consultório - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Respostas Consultório
Isabel Nogueira Professora Estarreja, Portugal 242

Como classificar a oração «que não se arme e se indigne o céu sereno», na estância 106, vv. 5-8 de Os Lusíadas?

«Onde pode acolher-se um fraco humano,/ Onde terá segura a curta vida,/ Que não se arme e se indigne o céu sereno/ contra um bicho da terra tão pequeno?»

Júnior Lima Dias Estudante de Direito Brumado - BA, Brasil 259

«Você não faz ideia com quem você está mexendo.» A frase está correta ou apresenta algum erro?

Julgo que a preposição de deveria constar, porque quem «faz ideia» o faz de algo, como: «Você não faz ideia de como isso me machucou.», mas a presença da preposição me soa estranha. Como fica?

Grato!

Lile Taxus Estudante Salvador, Brasil 271

Um substantivo abstrato pode ser sujeito em detrimento de um substantivo concreto, como «A solidão é o melhor remédio»?

Seria mais certo eu dizer «O melhor remédio é a solidão»? Ou tanto faz?

Caren Martins Revisora Porto Alegre, Brasil 224

A palavra "preto-velho" tem hífen? Se sim, o plural seria pretos-velhos? Esse é o nome de uma entidade que trabalha na religião de umbanda no Brasil.

Obrigada!

João Amorim Bancário Lisboa, Portugal 344

Embora encontre vários esclarecimentos no Ciberdúvidas sobre o uso dos comparativos mais bem e melhor – o primeiro sempre com a ligação a um adjetivo participial –, mantenho esta hesitação: «Ele é quem hoje mais bem escreve na imprensa portuguesa», ou tem de ser «Ele é hoje quem melhor escreve na imprensa portuguesa»?

Obrigado.

Gabriel Albuquerque Santos Estudante de Letras - Português e Espanhol Jaboatão dos Guararapes, Brasil 102

Sei que as formas ei-lo e suas variantes de género e número são válidas. Mas sempre tive dúvida se existe a forma "ei-no-lo", "ei-vo-lo" e suas variações.

Obrigado!

Álvaro Faria Ator Lisboa, Portugal 217

É aceitável escrever Nikšić (cidade do Montenegro)? Como aportuguesar? "Niksich"?

Obrigado.

Cristina Simões Professora Viseu, Portugal 220

No segmento «O texto chama-se O Regresso de João Maria e aí se escreve que o país se engravatara, mas que continua com '"a mesma raça de indolentes cheios de lábia, uma gente provinciana que o poder arrebanhara e fora tosquiando a seu estrito critério".», o pronome relativo que, que introduz a penúltima oração, desempenha a função sintática de complemento direto?

A meu ver, sim, mas a opinião de outras colegas é que o mesmo se constitui como sujeito.

Grata pela atenção e parabéns pelo vosso trabalho

Filipe Pires Formador Porto, Portugal 172

Como devo escrever "Éris" ou "Eris" (planeta anão do sistema solar)?

Raquel Silva Marketing Porto, Portugal 302

Quando queremos referir que uma marca é parceira de outra, como por exemplo «A Google é parceira oficial do Facebook», utilizamos «é parceira oficial» ou «é parceiro oficial» ?

O adjetivo parceiro deve estar sempre em concordância com o artigo/género do sujeito, neste caso, a marca/empresa?

Obrigada.