Início Respostas Consultório Campo linguístico: Tempo/Modo/Pessoa/Número (verbos)
Cristiano Pereira Professor Vila Nova de Famalicão, Portugal 1K

Vejamos a seguinte frase: «É melhor levares a caixa para a cozinha.»

Se quisermos substituir a expressão «a caixa» por um pronome, como ficaria? A frase correta será «É melhor levá-la para a cozinha» (ou seja, igual à 1.ª e à 3.ª pessoas do singular)?

Aurélio Gomes Aposentado Braga, Portugal 714

Qual a forma correcta de dizer:

«O meu filho foi aceite na escola», ou «o meu filho foi aceito na escola»?

É que no Brasil utilizam esta última frase como sendo correcta.

Claudia Machado Professora San José, Costa Rica 863

Tenho a seguinte dúvida e lhe agradeço a ajuda. Na frase «depende de onde você morar», esse «morar» seria infinitivo pessoal ou futuro do subjuntivo?

Obrigada.

Diogo Morais Barbosa Estudante Lisboa, Portugal 1K

É cada vez mais comum eu ler e ouvir frases como a seguinte: «Se não chego a tempo, tu morrias».

O facto de o verbo chegar se encontrar no presente tem algum fundamento? Ou é apenas um recurso informal/coloquial?

Tenho de vos agradecer, uma vez mais, o vosso excelente trabalho. Parabéns.

Fernando Bueno Engenheiro Belo Horizonte, Brasil 468

Veja-se a seguinte frase:

«Esta não é notícia que se possa nem se deva divulgar.»

Veja-se esta outra (em que se altera a posição do advérbio não):

«Esta é notícia que não se possa (pode) nem se deva (deve) divulgar.»

Minha dúvida se situa justamente sobre a aparente necessidade de se empregar o tempo no indicativo (que me parece soar melhor) em virtude da simples modificação da posição do advérbio na frase.

Gostaria de um esclarecimento, o qual desde já agradeço.

Maria Augusta Braga Professora Braga, Portugal 706

Na frase «por causa do temporal, choveram reclamações na MEO», considerando que o sujeito é «reclamações», poderemos classificar o verbo «choveram» como defetivo pessoal ou unipessoal? Para mim, seria defetivo pessoal, já que tem sujeito,embora não se conjugue em todas as formas.

Agradeço a explicação.

Nara Cristina Sanseverino Professora de alemão São Paulo, Brasil 344

Está correta a frase?

«Queria que a decoração estivesse pronta até o dia 28, quando as meninas vêm aqui.»

A intenção é de contemporaneidade, ou seja, de que a decoração fique pronta ao mesmo tempo, na mesma época da vinda das meninas. Há quem diga que o correto seria: «quando as meninas vierem aqui».

Agradeço.

Cristina Estêvão Administrativa Madrid, Espanha 320

Qual seria a frases mais correta? «Com a X podes ser o que queiras» ou «Com a X podes ser o que quiseres»?

Obrigada.

Miguel Santos Lisboa, Portugal 878

Tenho uma dúvida quanto às seguintes frases:

«"Pensei que estavas a falar sobre...»

«"Pensei que era o único...»

«Pensei que era mais simples.»

As frases estão gramaticalmente correctas? Sempre ouvi «pensei que estivesses/fosse», daí os exemplos acima soarem mal.

Que regras gramaticais se aplicam a estes exemplos?

Obrigado.

Ramiro Brasil 270

Por que se faz uso do futuro numa frase como esta «por que TERÁ acordado tão cedo»?