Início Respostas Consultório Campo linguístico: Regência
Diogo Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 592

Em respostas anteriores, diz-se que a regência do verbo «confrontar» é sempre «com». Mas, quando na passiva, não deve ser «pelo»? Por exemplo: «Ele foi confrontado pelo pai» (deveria ser «Ele foi confrontado com o pai»?).

Muito obrigado.

Jorge Pires Santarém, Portugal 401

Seria correcto dizer/escrever-se: «Ele passou pelos alunos sem dar fé às piadinhas que o visavam»?

Grato, desde já, pela atenção.

Helena Montez Actriz Lisboa, Portugal 570

Diz-se «podem poupar-me à esmagadora humilhação», ou «podem poupar-me da esmagadora humilhação»?

Obrigada.

Fernando Bueno Engenheiro Belo Horizonte, Brasil 347

Qual dos trechos seguintes está correto?

«De que aquela porcaria de rocim não era Málek-Adel, de que entre ele e Málek-Adel não existia a menor semelhança, de que qualquer pessoa minimamente sensata devia ter reparado nisso à primeira vista... disso tudo já não restava a menor dúvida!»

«"Que aquela porcaria de rocim não era Málek-Adel, que entre ele e Málek-Adel não existia a menor semelhança, que qualquer pessoa minimamente sensata devia ter reparado nisso à primeira vista... disso tudo já não restava a menor dúvida!«

Obrigado.

Paula Cristina Bonet Coutinho Porto, Portugal 300

É correto escrever «trata-se de sinais que indicam.....», ou tem sempre de se usar o plural «tratam-se de sinais.....»? Acrescento que, no contexto da frase, os referidos sinais eram mais de um. Mas será erro dizer «trata-se», uma vez que este termo é uma espécie de «este assunto diz respeito a....», ou «trata de...»?

Obrigada, se puderem ajudar!

Arsénio Sacramento Tradutor Cascais, Portugal 680

O Ciberdúvidas disponibiliza diversos artigos sobre a regência do verbo chamar. Porém, não sinto que se tenha abordado suficientemente a questão que se prende com a forma passiva do verbo. Em português europeu, qual seria a construção mais natural:

(a) «O João é chamado Camões Júnior porque escreve belos poemas»;

(b) «O João é chamado de Camões Júnior porque escreve belos poemas»;

ou

(c) outra?

Arsénio Sacramento Tradutor Cascais, Portugal 1K

O sentido das duas frases que se seguem é equivalente?

(1) O António sente pena pela sua família.

(2) O António sente pena da sua família.

Carlos Sousa Engenheiro informático Lisboa, Portugal 1K

Qual a forma correcta de utilizar o verbo começar, na seguinte situação: «Começar de chover», ou «começar a chover»?

Obrigado.

Diogo Maria Pessoa Jorge Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 710

Já li e ouvi algumas vezes «rumar a caminho de...». Parece-me claramente uma redundância. Não se deveria dizer apenas «rumar a...». Assim, por exemplo, podemos dizer «rumar a caminho de Lisboa» ou «rumar a Lisboa»?

Maria Besuga Contabilista Óbidos, Portugal 1K

É incorreto escrever «fazer que» ou «faz que»? Só pode usar-se «fazer com que» ou «faz com que»? Qual é a diferença ou em que contexto se justifica o uso de uma e/ou de outra forma?