Consultório - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Respostas Consultório Campo linguístico: Tipologias textuais
Armando Rodrigues Serrano Auditor Financeiro Coimbra, Portugal 216

Lembro-me de que quando criança aprendi uma frase engraçada e penso que sem sentido (será?) e que é a seguinte: «Antão era moleiro, fazia anzóis e pescava caracóis.»

Alguém consegue adiantar alguma dica que leve a pensar num possível significado?

Maria Faria Professora Guimarães, Portugal 298

Gostaria de saber se se deve escrever por extenso, numa ata, o número de um artigo respeitante a uma lei.

Obrigada.

Rogério Garcia Pires Médico Setúbal, Portugal 321

Nasci em 1950 e, na então chamada Instrução Primária, aprendi que as palavras pai e mãe se escreviam com letra minúscula, quando nos referíamos a um dos progenitores de uma determinada pessoa. Mas que se escreviam com letra maiúscula quando nos referíamos ao nosso próprio pai ou à nossa própria mãe. Esta regra ainda persiste, ou foi modificada por alguma alteração posterior a 1950?

Francisco Pedro Livreiro Chaves, Portugal 270

Gostaria de saber se é aceitável pronunciar-se e escrever-se «meter-se à bulha». Por exemplo, no Infopédia, pode ler-se «meter à bulha – provocar a discórdia entre». Mas está correto dizer «meter-se à bulha», querendo esta última construção significar «meter-se numa rixa, envolver-se numa quezília»? E, neste sentido, existe alguma palavra que seja definida como «grande luta, grande desavença»? Ou as palavras bulha e rixa significam, só por si, uma grande rixa?

Grato pela atenção.

Iamta Na Isna Economista Bissau, Guiné-Bissau 472

Qual é o verbo mais usado na elaboração da ata de uma reunião e em que tempo?

Alexandra Figueiredo Socióloga Lisboa, Portugal 1K

Estou a fazer uma análise de conteúdo do discurso jornalístico sobre o crime. Deparo-me frequentemente com a expressão «morta a tiros de caçadeira» e ainda «disparou a matar». Para além da violência associada às expressões, fico com curiosidade sobre se, do ponto de vista da língua portuguesa, estarão corretamente formuladas.

Agradeço, desde já, a vossa atenção.

Joaquim Lapa Reformado Anadia, Portugal 1K

Há dias, ouvi alguém dizer que não andava a fazer "nestum". Parece a mesma palavra que a conhecida marca comercial, ou será o mesmo que «nada»? Como apareceu esta expressão?

Augusta Sá Estudante Lisboa, Portugal 15K

O que caracteriza o discurso direto livre? Como se distingue este do discurso indireto livre?

Obrigada.

Henrique Mendes Estudante Lisboa, Portugal 7K

Queria saber o que é a composição poética e a estrutura interna de um poema, pois preciso de esclarecimento para um trabalho e não percebo o que é. Poderiam ajudar-me, por favor?

Joana Teixeira Portugal 1K

Gostaria de saber qual o significado da expressão «o tempo é luxo que a nossa vida não só desrespeita como desmerece».