Consultório - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Respostas Consultório Campo linguístico: Pontuação
Thiago de Oliveira Estudante Curitiba, Brasil 1K

Vejo muito o uso das aspas simples, e sempre fico com dúvida do por que não empregaram as duplas (") em vez de as simples ('). E isso ocorre porque eu conheço uma única função para as aspas simples: quando se aplica "aspas em algo que já está com aspas".

Contudo, acredito que existam mais funções, e gostaria de saber quais são elas.

Também vejo muito o uso desse sinal em títulos de filmes, seriados, músicas, etc.

Por exemplo, neste portal jornalístico importante, porque  se usou (no título da matéria) as aspas simples e não as duplas? O título é: "Investigadores criticam 'demora' para PF deflagrar operação sobre irregularidades no fundo de pensão dos Correios."

Veja que a palavra "demora" está em meio às aspas simples. E, claro, aqui eu usei as duplas e as simples por causa da regra, porém, no portal, as duplas não constam.

Erivaldo Nunes Engenheiro Recife, Brasil 841

Gostaria de saber como pontuar frases do tipo: «Gosto de português/ não de matemática». Estou em dúvida se neste caso se aplica a regra pela qual utilizamos vírgula para marcar um termo elíptico (gosto) ficando a frase desta forma: «Gosto de português; não, de matemática». Ou se apenas é necessário o uso de uma vírgula separando as orações: «Gosto de português, não de matemática». Nesse segundo caso, se for correto, gostaria de saber a regra que se aplica. Outra dúvida é: se eu separar orações coordenadas com pontos, a união delas ainda continua sendo um período? Por exemplo: «Será uma vida nova. Começará hoje. Não haverá nada para trás.» Continua sendo um único período como em «Será uma vida nova, começará hoje, não haverá nada para trás.»?

Muito obrigado.

Paulo Almeida Estudante São Paulo, Brasil 3K

Tenho sempre dúvida na utilização de vírgulas e o caso aqui é referente à virgula depois das conjunções e e mas.

Abaixo deixo alguns exemplos de frases que selecionei e que queria  ajuda  para entender se estão certas, ou não, e o porquê.

1 – «Nada prejudica mais uma apresentação do que o nervosismo. E, quando isso acontece, a melhor maneira é respirar fundo e confiar em si mesmo.»

2 – «Eu pediria que voltasse a ser quem era e recordasse tudo o que vivemos. Mas, mesmo assim, se isso não for possível, esqueça tudo o que passamos.»

3 –  «Ontem, Maria me contou uma história de amor inesquecível que ela viveu há alguns anos. Então penso comigo. E, se essa história de amor for realmente verdade, será que um dia poderei vivê-la?» (Aqui não vejo necessidade de vírgula antes de e. É errado numa oração ter vírgula depois de se ou caso?)

4 – «Podes ter imaginado um caminho incrível rumo a um destino excepcional. Mas, para levar as pessoas até lá, é necessário que faças a viagem parecer atraente.»

Nos exemplos acima, e e mas estão no início da oração. Sei que não é errado fazer isso, pois envolve uma questão de estilística, mas sei também que nesses casos eles poderiam estar em uma oração só. De qualquer forma, gostaria de saber se essas conjunções, exatamente do jeito que estão, têm a vírgula depois delas mal colocada.

Obrigado.

Maria Coelho Lisboa, Portugal 727

Existem já várias publicações sobre isto, mas continuo na dúvida... Uma das «regras» que permite colocar vírgula após a conjunção «e» é haver uma numeração e a seguir mudar de assunto, correto? Neste exemplos concretos, estaria bem colocada ou seria melhor não colocar? É uma regra obrigatória ou opcional? «Ela sentou-se, ajeitou a cadeira, pegou no lápis e nos marcadores, e começou a escrever.» «Ele era autor de esculturas lindas e maravilhosas, e, como tal, respeitado por todos.»

Henrique Gozzer Engenheiro Civil Vitória-ES, Brasil 2K

No caso de eu estar transcrevendo um trecho de texto entre aspas e o trecho originalmente ter um ponto final, mas também ocorrer de ser final do meu período, eu coloco o ponto final antes das aspas, depois, ou dois pontos finais? 

Ex.: «[...] da mesma forma que foi dito.», «[...] da mesma forma que foi dito». ou «[...] da mesma forma que foi dito.»?

Fernando Bueno Engenheiro Belo Horizonte, Brasil 1K

«– Ele está morto, ou por outra, pensa convictamente que está.»

Na frase acima, as vírgulas estão corretamente colocadas?

Obrigado.

Nicole Collet tradutora Fort Myers, United States 12K

Sei que se usa travessão seguido de vírgula quando a frase o exige. Por exemplo:

«Em se tratando de crime – e disso entendo bem –, não devemos ser lenientes.»

A minha dúvida é se podemos omitir a vírgula em casos como esse. Entendo que ela é gramaticalmente correta, mas pessoalmente acho muito feio. Para 1) uma pontuação visualmente mais limpa, e 2) como os travessões já quebraram a frase de qualquer maneira e separaram a primeira oração («Em se tratando de crime») da segunda («não devemos ser lenientes»), eu creio que não seria uma grande heresia omitir a vírgula. Isso procede?

Muito obrigada!

José Marques Consultor Lisboa, Portugal 3K

Qual a diferença entre \ e /?

Ana Azevedo Docente do ensino superior Faro, Portugal 1K

O que aconteceu neste século para agora se escrever 2016/2017, e no século passado escrevia-se p.ex. 1998/99? Há regra, ou foi só bagunça do ano de transição 1999/2000?

Aline Rodrigues Secretária Rio, Brasil 3K

A frase abaixo tem, ou não, vírgula? Se tem, por favor, indiquem o motivo.

«Sou revisora de texto, formada em Letras pela Unesp.»

A frase entre aspas é a frase sobre a qual tenho dúvida.

Obrigada.