Início Respostas Consultório Classe de palavras: substantivo
Antonio Xeira Informatico Mammendorf, Germany 42

Como é que posso chamar ao profissional que grava/regista sons/músicas? Em Inglês, chamam «Recordist»

Fernando Bueno Engenheiro Belo Horizonte, Brasil 520

«Ele era de opinião que (ou "de que") céu cinzento e gotas de chuva nas janelas tiram o ânimo e causam melancolia.» Na frase citada, qual é a melhor regência para o termo "opinião"?

Obrigado.

João Barbosa Lisboa, Portugal 915

Tenho uma “guerra”, simpática, com a minha mulher, relativa a modos de pronunciar palavras.

A última batalha é quanto ao modo de dizer Palhavã. Não sei escrever foneticamente... eu digo /Pálhavã/ e ela /Pâlhavã/. 

Qual das formas é a correta ou estão as duas?

Joana Filipe Silva Médica Lisboa, Portugal 235

Tenho algumas dúvidas em relação a algumas palavras no novo acordo ortográfico. Assim, as minhas dúvidas são: co-infeção ou coinfeção, co-autoria ou coautoria, auto-imune ou autoimune (esta já não relativa ao prefixo co, mas ao prefixo auto que me parece, a mim, leiga, na mesma condição).

Desde já, obrigada pela ajuda. 

Diogo Pereira Jornalista Lisboa, Portugal 342

No dicionário do meu MacBook, aparece a seguinte nota de Gramática/Uso, no verbete de bólide: «Rebelo Gonçalves registra como corrente, mas errôneo, o empr. do gênero masc. nesta palavra». Sei que a nota é de português brasileiro, por isso, pergunto: em português europeu, qual o género de bólide?

Luís Pereira Professor Coimbra, Portugal 603

Gostaria que me esclarecessem sobre o processo de formação da palavra pormenor. É um processo de composição?

Obrigado

Teresa Viseu Professora Universitária Braga, Portugal 570

Gostava que me esclarecessem sobre a forma correta de escrever palavras do tipo nanoesfera, nanoestrutura, microesfera, microestrutura, infraestrutura, macroesfera e macroestrutura. A dúvida é se têm ou não hífen (nano-esfera) ou se o e nestas palavras cai ou não (nanosfera).

Grata pela atenção.

Vicente de Paula da Silva Martins Professor Universitário (UVA, Brasil, Ceará, Sobral) Sobral, Brasil 295

Ao longo da releitura de Capitães da Areia (edição de 1937), de Jorge Amado, deparei com esta construção: «– Tú não pode passar um dia sem bater coxas com esta bruaca, não é? Tú vae acabar tútú..» (CA, 1937, p.92). O que intrigou aqui foi a acepção para "tutu". Das quatro possibilidades de sentido para "tutu" (sem tantos agudos), nenhum se encaixa perfeitamente ao que espero do contexto. Qual o sentido para "tutu" no caso em tela?

João Carlos Amorim Reformado Lisboa, Portugal 98

Diz-se «preito de homenagem» ou «preito e homenagem [a alguém]»? Não será redundante qualquer destas formas, tendo em conta que «preito» já significa «homenagem»?

Os meus agradecimento pelo esclarecimento.

Alexandra Pereira Professora Aveiro, Portugal 669

Venho colocar uma dúvida referente à classificação, quanto à acentuação, da palavra silêncio.

1. Trata-se de uma palavra esdrúxula/proparoxítona ou grave/paroxítona? A dúvida prende-se com o ditongo crescente (ou será hiato?) "io", em posição pós-tónica.

2. As proparoxítonas aparentes, mencionadas no Acordo Ortográfico, são consideradas esdrúxulas? Ainda não percebi este conceito de «proparoxítonas aparentes». Não sei se é o caso desta palavra, daí estar a antecipar esta questão.

Obrigada por todos os esclarecimentos que possam prestar.