Início Respostas Consultório Campo linguístico: Ortografia de palavras/Adaptação de estrangeirismos
João Cruz São Martinho – Seia, Portugal 355

Gostaria de saber se o termo correcto é "torcaz" ou "trocaz" e o seu significado. Encontrei vários "pombos-trocazes" e "pombos-torcazes", espécies aparentadas, mas suspeito que o nexo da troca de posição do "o" e do "r" não tenha muito a ver com a biologia.

Muito obrigado pela disponibilidade e pela continuidade dada ao Ciberdúvidas!

Fernando Bueno Engenheiro Belo Horizonte, Brasil 386

«Depois disso, espreguiçava-se lentamente, deixava-se cair sobre a relva, braços e pernas esticados ao máximo, olhos fixos no azul celeste, por onde tufos de nuvens, aqui e acolá, passavam indolentes.»

Na frase acima, pode-se grafar «azul celeste», assim, sem o hífen, considerando não a cor, mas um tipo de azul que seja celeste, significando «do céu»?

Obrigado.

Filipe Gomes Estudante Lisboa, Portugal 493

Em Matemática fala-se em «independência linear» de um conjunto de vectores, dizendo-se que estes são «linearmente independentes». Uma outra noção relacionada é a de «independência afim» de um conjunto de pontos. Em inglês, utiliza-se a expressão affinely independent. Existe uma expressão correspondente em português? Dito de outro modo, existe (e, caso exista, qual é) o advérbio de modo correspondente ao adjetivo afim? Encontrei o termo "afimmente" numa pesquisa na Internet, mas apenas nos sumários de uma disciplina universitária de Matemática. Esta parece-me a opção mais sensata, analogamente ao que sucede com o advérbio comummente...

Virgilio Cruz Conceicao Enfermeiro Coimbra, Portugal 225

Gostaria que me esclarecessem a seguinte dúvida: como devo escrever a palavra "coxofemoral", ou "coxo-femoral"? Já a vi escrita das duas maneiras e não consigo perceber qual delas é a correta.

Obrigado.

Renato Souza Rio de Janeiro, Brasil 329

É lícito criar o topónimo "Burgo de São Pedro" para denominar a cidade russa "Sankt-Peterburg" ?

P.S.: Reconheço haver a forma "São Petersburg".

Gabriel Rossi Estudante São Joaquim da Barra – SP, Brasil 545

"Hiroshima", ou "Hiroxima"? "Bangladesh", "Bangladeche" ou "Bangladexe"? Seria facultativo, nos casos em que a adaptação ao idioma é pouco usada, podendo dar preferência a forma consagrada ?

João Pedro Fonseca Jornalista Lisboa, Portugal 335

 [Atualmente chamada Frente Fatah al-Sham], [escreve-se] «Frente "al-Nusra"» ou «Frente "al-Nosra"»?

Os anglo-saxónicos usam com u, os francófonos com o.

Sónia Costa Professora 1.º Ciclo Lisboa, Portugal 496

Gostaria de saber se a palavra aquático pertence à família de palavras de água. Se sim, qual o processo de formação?

Obrigada.

Diogo Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 387

Diz-se numa resposta anterior: «O uso de p maiúsculo em Península Ibérica não é recente. Já em 1947, Rebelo Gonçalves no seu Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (pág. 338/339), assinalava algumas combinações vocabulares que "apesar de baseadas em palavras designativas de acidentes geográficos, formam no seu conjunto locuções toponímicas e, consequentemente, não dispensam a maiúscula inicial naqueles elementos: Grandes Lagos, Península Ibérica, etc.»". Pergunta: a maiúscula em Península aplica-se apenas a «Península Ibérica» (é um caso excecional) ou este acidente geográfico deve sempre ser grafado com caixa alta?

Obrigado.

Luana Merluza. Estudante, 16 anos. Canoas, Rio Grande do Sul., Brasil. 638

Venho solicitar, por gentileza, uma opinião sobre o diminuto "sh", usado para criar silêncio. Ocorreu-me a dúvida, e estou dúbia quanto a isto.

Aplicando em relacionais contextuais, deve ser feita a refração do s ou h? Em inúmeras obras literárias, é utilizado “shhhhhh”, mas na maioria das representações escritas de interjeições, o uso de tal forma é correto? O h não é mudo, no alfabeto latino? Sendo assim, não deveria ser “sssssh”, constatado que a refração consonantal do “h” seria de ínfima importância e representação prosódica? É correto “shhhhhh” ou “ssssssh”?

"Shiu" é considerada uma interjeição?

Grata pelo retorno.