Início Respostas Consultório Campo linguístico: Ortografia de palavras/Adaptação de estrangeirismos
João Carlos Amorim Reformado Lisboa, Portugal 498

Como se escreve, à luz já do Acordo Ortográfico: "radio-ouvinte", "radioouvinte" ou "radiouvinte"?

Lino Mendes Montargil, Portugal 1K

Como é a tradução portuguesa de «stand-up comedy»?

Obrigado.

Diogo Morais Barbosa Estudante Lisboa, Portugal 723

Quando nos referimos ao discurso de uma pessoa, devemos dizer que o mesmo é "hiper-eloquente", "hiper eloquente", "hipereloquente" ou "híper eloquente"?

João Carlos Amorim Reformado Lisboa, Portugal 444

Queria saber se, com as novas regras do Acordo Ortográfico quanto ao não uso, já, do hífen nas locuções que têm elementos de ligação, devemos escrever "azuis-e-brancos" – como se pode ver nesta notícia na página da RTP, do dia 15/01 p.p. – ou, agora, «azuis e brancos».

[Na terminologia muito própria do futebol, "azuis-e-brancos" (ou, antes, «azuis e brancos»?), lembremos que se usa para denominar a equipa do Futebol Clube do Porto, cujas camisolas dos jogadores têm essa cor.]

Os meus agradecimentos.

Rui Fontes Estudante Lisboa, Portugal 551

Por que motivo linguista não leva acento, e linguística leva?

Elsa Silveira Ramos Especialista Lisboa, Portugal 1K

Gostaria que me elucidassem sobre a forma correta de escrever "Alepo", cidade da Síria. Os meios de comunicação social não são unânimes na forma de escrever, utilizando "Alepo" e "Aleppo".

Qual será a forma mais correta (em português)?

Muito obrigado pela atenção!

Diogo Morais Barbosa Estudante Lisboa, Portugal 318

Continua a saga dos hífenes; e as contradições entre dicionários. Devemos escrever «bem-vestido» ou «bem vestido»? Devemos escrever «malvestido», ou «mal vestido»?

Obrigado.

Diogo Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 393

«T-shirt» deve levar sempre maiúscula inicial? Se, por um lado, vários documentos publicados parecem sugerir que não, por outro lado a origem da palavra é a forma «T», e não a forma «t»...

Obrigado.

Liliana Santos Lisboa, Portugal 516

Na minha Árvore de Costados o apelido aparece grafado em vários séculos como "Brás" (1665, 1712, 1980...) ora como "Bráz" (1773, 1884, 1960...). Em nenhum registo o Bráz aparece sem acento gráfico.

[...] A que se deverá esta alternância em termos de grafia?

Ana Lopes Estudante Oliveira de Azeméis, Portugal 561

Gostaria de saber se a palavra "transecto" (antigo A.O.) perde o "c" e passa a transeto.

Obrigada