Início Respostas Consultório Campo linguístico: Semântica nominal
Philippe Tavares Brasil 1K

Como se podem diferenciar no uso as seguintes expressões sob aviso e sobreaviso?

Carlos Valente Administrador de Sistemas Lisboa, Portugal 697

Tem-se ouvido e lido com alguma frequência o termo «faixa de rodagem» e «via de rodagem», quando se fazem referências à circulação automóvel numa autoestrada, por exemplo. Na minha perceção linguística, talvez até influenciado pela sonoridade, costumo dizer que «a autoestrada Lisboa-Porto é uma via de acesso, com quatro faixas de rodagem, sendo duas em cada sentido». Logo, uso o termo «faixa de rodagem».

Assim, e agradecendo desde já, solicito a vossa ajuda de forma a perceber se se deve dizer «faixa de rodagem» ou «via de rodagem».

Ana Pires Tradutor Díli, Timor-Leste 1K

Porquê o plural quando se fala de eleições? Na do Presidente da Repúbbica, vejo a possibilidade de se argumentar com a hipótese de segunda volta. Nas municipais, por serem município a município. Mas nas parlamentares (legislativas)?

Mário Pereira Reformado Esposende, Portugal 1K

Estou incumbido pela minha comunidade de escrever um pequeno texto sobre a parábola de Jesus na qual se refere o convite aos seus discípulos para que sejam sal e luz... E como a primeira parte da minha reflexão me tem levado para a necessidade de o discípulo ter de se humildar, regressar à sua essência – o humus –, assim como o sal, na parábola, deverá "desaparecer" para voltar a ser água, e dar sabor (transformar o mundo, a Humanidade), agradecia uma explicação sobre a origem (e compreensão semântica) da palavra humildade.

Grato pela disponibilidade.

Luis Oliveira Malmö, Suécia 1K

Qual a origem da palavra briol, no sentido de «muito frio»?

José Monteiro Gestor Lisboa, Portugal 648

Qual a forma correta: «água do mar» ou «água de mar»?

Tiago Miguel Fernandes Jesus Santarém, Portugal 694

Gostaria de saber se a palavra cabo da vassoura (por exemplo) é homónima da palavra Cabo (de Cabo Verde ou cabo das Tormentas).

Obrigado.

Nelson Ferreira Consultor de gestão Lisboa, Portugal 2K

Muitas pessoas utilizam as palavras deprimente, depressivo e deprimido de diversas formas, confundindo o significado das mesmas, talvez porque a definição que encontram nos diversos dicionários também não estejam suficientemente claras. Sabemos que uma pessoa deprimente é «aquela que deprime». Também posso dizer que uma pessoa que deprime é "depressiva"? Segundo o [dicionário] Priberam, uma pessoa "depressiva" é aquela «que deprime», mas também é aquela «que sofre de depressão». Mas uma pessoa que sofre de depressão não seria "deprimida"? Confesso que confundo bastante o significado dessas palavras. Poderiam ajudar-me a esclarecê-las?

Obrigado.

Márcia Filipa Estudante Lisboa, Portugal 1K

Não consigo entender a diferença entre referência, referente e denotação.

Peço, por favor, uma explicação com exemplos para ajudar a compreender, visto que já vi as definições e não sei como distinguir esses conceitos.

Lúcia Gonçalves V.N. Famalicão, Portugal 626

A resposta à questão «localiza a ação no espaço e no tempo», segundo o que aprendi, é a seguinte: «A ação decorre/ passa-se,...»

Contudo tenho visto esta resposta: «A ação localiza-se...» É correto responder-se «localiza-se»?

Obrigada!