Início Respostas Consultório Classe de palavras: adjectivo
Meritxell Torras Professora Ponferrada (Castela e Leão), Espanha 643

Não tenho muito clara a razão da colocação dos indefinidos na oração. Quando deve utilizar-se «todo o leite» e «o leite todo»? São corretas as duas estruturas?

Rafael Streithorst Gerente TI Cachoeirinha, Brasil 777

Tenho-me deparado com a problemática de verbos no particípio que têm todos os indícios de serem adjetivos e vice-versa. Não consigo compreender exatamente quando esses verbos indicam uma ação terminada. Como exemplo, cito: «O sinal está vermelho»; «O sinal está fechado». Para mim, tanto «vermelho» quanto «fechado» podem indicar a continuação do verbo estar. Mas «vermelho» é adjetivo.

Outro exemplo: «A onça estava agitada e assustada.» Não posso dizer que a onça é assustada, não seria uma característica inerente a ela, mas sim ao momento. Como é possível definir de forma inequívoca o devido uso do particípio como verbo ou como adjetivo?

Desde já agradeço muito o auxílio de vocês.

Armando Dias Reformado Lagos, Portugal 671

A propósito do momentoso referendo na Catalunha e as suas consequências, tive a curiosidade de querer confirmar os gentílicos das restantes 16 comunidades autonómicas e das respetivas capitais, incluindo as de província – 48 no total. Como não constam, na sua totalidade, em qualquer dos muitos esclarecimentos sobre gentílicos estrangeiros no Ciberdúvidas, gostava de saber se está certo o que consta na Wikipédia [aqui: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_gent%C3%ADlicos_de_Espanha].

Os meus agradecimentos.

Elisabete Gonçalves Freitas Luís Professora Arruda dos Vinhos, Portugal 315

«...anexo esta sebenta que é um conjunto de textos, documentos, orientações e apontamentos importante para a disciplina de ...»

A palavra «importante» fica no singular («conjunto») ou no plural («textos, documentos...».)?

João Pedro Estudante Lisboa, Portugal 1K

Urso é um substantivo, bebé é um substantivo, podendo este também ser adjectivo («imaturo»); logo, a minha pergunta é: deve escrever-se "ursos bebé" ou "ursos bebés"? Por exemplo, já vi escrito "estrelas bebé", "estrelas bebés", "trutas bebé", "gatos bebés", etc. Parece que não há uma regra de formação do plural quando o hífen não é utilizado. O que levanta outra questão: a utilização do hífen é obrigatória em nomes compostos?

Cibelle Santos Estudante Lagarto, Brasil 1K

Gostaria de saber se na frase «água é bom para a saúde», o adjetivo bom está funcionando como um advérbio, ou se ele continua como um adjetivo.

Nelson Ferreira Consultor de gestão Lisboa, Portugal 1K

Muitas pessoas utilizam as palavras deprimente, depressivo e deprimido de diversas formas, confundindo o significado das mesmas, talvez porque a definição que encontram nos diversos dicionários também não estejam suficientemente claras. Sabemos que uma pessoa deprimente é «aquela que deprime». Também posso dizer que uma pessoa que deprime é "depressiva"? Segundo o [dicionário] Priberam, uma pessoa "depressiva" é aquela «que deprime», mas também é aquela «que sofre de depressão». Mas uma pessoa que sofre de depressão não seria "deprimida"? Confesso que confundo bastante o significado dessas palavras. Poderiam ajudar-me a esclarecê-las?

Obrigado.

Fabrizio Boscaglia Investigador Lisboa, Portugal 959

Tenho um trabalho em mãos cujo título provável será:

"Árabes e Islão na literatura e no pensamento portugueses (1826-1935)"

"Árabes e Islão na literatura e no pensamento português (1826-1935)"

Qual é a formulação gramaticalmente mais correta?

Obrigado.
Lino Mendes Reformado Montargil, Portugal 811

Como devo interpretar «influências exógenas nas comunidades em estudo»?

Obrigado

Diogo Pereira Lisboa, Portugal 446

Gostaria de saber de onde vem o significado da palavra orelhudo enquanto «viciante e facilmente memorizável para o ouvido», patente em expressões como «riffs orelhudos» ou «refrães orelhudos», usadas frequentemente por críticos de música, e que, curiosamente, não se encontra como uma das definições nos verbetes da Infopédia nem do Priberam.