Ensino - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Português na 1.ª pessoa Ensino
Questões relativas ao ensino do português língua materna/língua estrangeira.
Imagem de destaque do artigo
Uma vaga de palavrões assola as escolas

Um artigo, que se transcreve, com a devida vénia, da edição digital da  revista Visão sobre a utilização generalizada do calão entre os mais jovens alunos, em Portugal: «Sou professora. Ensino Português, a língua de Camões, Pessoa e Saramago. Não posso pactuar com o chorrilho de palavrões que escorre pelas escolas públicas em geral e pela minha em particular.»

Imagem de destaque do artigo
Esclarecimento de dúvidas, partilha de reflexões e análise de casos problemáticos do idioma oficial dos oito países lusófonos

«A importância do Ciberdúvidas no espaço da lusofonia e o interesse que a sua atividade desperta em utilizadores de todo o mundo – escreve a professora Carla Marques neste artigo publicado na revista digital da Leya Educação do mês de outubro de 2018 – ficam bem patentes no impressionante número de visitas que o portal recebe: 1,3 milhões de acessos mensais e cerca de 350 000 acessos semanais. (...)»

Imagem de destaque do artigo
O contributo dos textos adaptados para a aprendizagem do Português como Língua Estrangeira

A disponibilidade de textos simplificados ou adaptados têm impacto importante na aprendizagem de uma língua, mas, no domínio do Português como Língua Estrangeira (PLE), muito está por fazer, na opinião de Ana Sousa Martins, linguista e coordenadora da Ciberescola da Língua Portuguesa – em crónica  transmitida no programa Páginas de Português, da Antena 2, no domingo, 7 de outubro, às 12h30* (com repetição no sábado seguinte, 13/10, pelas 15h30).

* O programas Páginas de Português  pode também ser ouvido aqui. Hora oficial de Portugal continental.

Imagem de destaque do artigo
Shiv Kumar Singh, professor de Estudos Indianos na Universidade de Lisboa e autor do Dicionário Hindi-Português-Hindi*
Por Leonídio Paulo Ferreira

O jornalista Leonídio Paulo Ferreira* conversa e almoça com Shiv Kumar Singh, professor de Estudos Indianos na Universidade de Lisboa e autor do Dicionário Hindi-Português-Hindi.

 

*  in Diário de Notícias de 31/08/2018.

Imagem de destaque do artigo
Clássicos da literatura portuguesa numa lógica "negociadora" para os alunos do 11.º ano

Documentos de orientação curricular para as turmas do ensino secundário em Portugal, as Aprendizagens Essenciais respeitantes aos programas de Português do 11.º ano, no domínio da Educação Literária – e que  vão substituir as Metas Curriculares, até aqui em vigor –  obriga à leitura de apenas um romance de Eça de Queirós, à escolha do professor. «É aqui que se encontra o casus belli – escreve neste artigo* o professor universitário Carlos Reis – a saber: o que acontecerá ao romance Os Maias

*in  jornal "Público", de 24 de julho de 2018.

Imagem de destaque do artigo

Felizmente Há Luar! e outras obras literárias, de leitura obrigatória no ensino secundário em Portugal, ao ritmo do rap – a  experiência pedagógica de uma turma do 12.º ano da Escola Secundária D. Dinis, em Chelas, contada no Só Neste País*, da Antena 1 do dia 20 de maio p.p. – é um recurso de muitos professores para porem os seus alunos a gostarem e aprenderem melhor literatura. E o caso da autora, que utiliza igualmente o canto nas suas aulas de Português, agora na Escola Básica e Secundária Dr. Isidoro de Sousa, em Viana do Alentejo, como antes na Guiné-Bissau, na Namíbia ou em Timor-Leste.

* Oiça-se do minuto 12´20'' até aos 23'07 e também aqui e na TVI24.

Imagem de destaque do artigo

Tradução do resumo da comunicação intitulada "Online Courses of Portuguese as a Second Language. Closing the Gap with Blended Learning in Mainstream Education" (tradução livre: "Cursos em linha para Português como Segunda Língua. Reduzindo discrepâncias com a aprendizagem mista no ensino regular"), que Carla Barros Lourenço (Direção-Geral da Educação, Ministério da Educação) e Ana Sousa Martins (Ciberescola/Cibercursos da Língua Portuguesa) apresentaram à 7th International Conference on Computer Supported Education (7.ª Conferência Internacional de Educação assistida por Computador), que se realizou em Lisboa, de 23 a 25 de maio de 2015. Também se inclui o acesso ao texto integral em inglês, publicado nas atas do referido encontro. (...)

Imagem de destaque do artigo

Texto em que a autora, Ana Sousa Martins, coordenadora da Ciberescol/Cibercursos da Língua Portuguesa, evidencia como a construção do projeto Ciberescola da Língua Portuguesa, no contexto do ensino do Português Língua Não Materna (PLNM) no ensino básico e secundário em escolas públicas portuguesas, tem assentado grandemente na estimulação da aprendizagem autónoma, permitindo defender que este modelo, concebido e aplicado especificamente para o PLNM, é exportável para outras disciplinas (artigo publicado na revista Nova Ágora, n.º 5, setembro de 2016).

Imagem de destaque do artigo

Continuando as apreciações que fez acerca dos Exame Nacional de Português do 12.º ano no Público (artigo disponibilizado também aqui)António Carlos Cortez publica novo texto em 24/07/2016 no mesmo jornal, tecendo comentários muito críticos sobre a (má) situação da disciplina de Português, conforme indiciam os muitos erros e lacunas de aprendizagem que os alunos revelam na escrita, na construção do discurso e na interpretação de textos.

Imagem de destaque do artigo

« (...) Em cinquenta exames corrigidos [no Exame Nacional de Português do 12.º ano deste ano] o número de negativas ascenda a mais de 40%. Destes 40% mais de metade são provas com níveis inferiores a sessenta pontos em duzentos. É grave e, por muito que se fale em rigor e exigência, como é que podemos calar (nós, professores) a preocupação e a revolta quanto ao actual estado a que a língua portuguesa chegou? (...) »

[artigo que se transcreve com a devida vénia do jornal "Público" de 19 de Julho de 2016. Respeitou-se a norma seguida pelo jornal, anterior ao Acordo Ortográfico.]