Acorda, Acordo, ou dorme para sempre - Controvérsias - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Início Português na 1.ª pessoa Controvérsias Artigo
Acorda, Acordo, ou dorme para sempre
Acorda, Acordo,
ou dorme para sempre
Fonte

artigo publicado no semanário angolano A Capital, de 9 de Fevereiro de 2008

Sobre o autor

José Eduardo Agualusa, jornalista e escritor angolano, nascido no Huambo, em 1960. O Vendedor de Passados (2004) é o seu mais recente romance, depois de Catálogo de Sombras (contos, 2003), O Ano em que Zumbi Tomou o Rio (2002), Estranhões e Bizarrocos (com Henrique Cayatte, 2000), Um Estranho em Goa (2000), Estação das Chuvas (1997), Nação Crioula (1998), A Feira dos Assombrados (1992), D. Nicolau Água Rosada e Outras Histórias Verdadeiras e Inverosímeis (1990) e A Conjura (1989). Publicou ainda (em 1993) uma grande reportagem sobre a comunidade africana na capital portuguesa, Lisboa Africana, em colaboração com o jornalista Fernando Semedo e a fotógrafa Elza Rocha.