Neologismos, gírias e empréstimos linguísticos - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Neologismos, gírias e empréstimos linguísticos

Gostaria que, por favor, me enviassem uma resposta precisa do que vem a ser neologismo, gíria e empréstimos linguísticos, quais as diferenças, e que bibliografia me indicariam para eu fazer um trabalho monográfico sobre esse assunto.

Adriana Alves Estudante Brasil 6K

A resposta a estas dúvidas está contida em diversos verbetes do Ciberdúvidas.
Sugiro a consulta das respostas em "Textos relacionados".

Veja ainda:

 

Como bibliografia, além da referida especificamente nesses textos, considero que será vantajosa a consulta de gramáticas históricas, de obras sobre história da língua e lexicologia e de duas das primeiras publicações sobre estrangeirismos: Aprendei a Língua Vernácula, de A. da Silva Túlio, Livraria Clássica de Alves & C., Rio de Janeiro, 1893 (selecta contendo "Os Galicismos") e Os Estrangeirismos, de Cândido de Figueiredo, Livraria Clássica Editora de A. M. Teixeira, Lisboa, 1902.

Maria Regina Rocha