Ensino - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Português na 1.ª pessoa Ensino Ensino da gramática
Questões relativas ao ensino do português língua materna/língua estrangeira.
O ensino de <i>ser</i> e <i>estar</i> em Português como Língua Estrangeira
Tratamento dos diferentes usos destes dois verbos nos materiais didáticos

«O acesso a materiais autênticos produzidos na língua alvo é extremamente importante, pois auxilia o aprendente a perceber e assimilar padrões linguísticos disponíveis na linguagem do quotidiano» – alerta Inês Gama, neste apontamento sobre o ensino dos verbos ser e estar em Português como Língua Estrangeira (PLE). 

Breve caracterização da tipologia de verbos
A terminologia usada no ensino básico e secundário em Portugal

«Do ponto de vista sintático, os verbos organizam-se em três grandes grupos: verbos plenos (também designados de verbos principais); verbos auxiliares e verbos copulativos.»

Apontamento de Inês Gama sobre a tipologia dos verbos e a sua organização na terminologia atual do ensino básico e secundário em Portugal. 

O ensino da passiva em Português Língua Estrangeira (PLE)
O tratamento desta estrutura em manuais

«A omissão [da construção passiva] dos manuais de PLE pode, de alguma forma, criar problemas na aprendizagem dos tipos de frase passiva, uma vez que[...] o conhecimento do aprendente [...] fica deficitário, podendo colocar em causa o seu bom uso nas situações apropriadas» – alerta Inês Gama, neste apontamento sobre a aprendizagem das estruturas passivas pelos alunos de Português Língua Estrangeira (PLE).

Gramática formal e ensino
Uma entrevista com o linguista João Costa

«Não defendo uma aplicação direta dos modelos teóricos da linguística formal ao ensino e aprendizagem da língua materna. É necessária, contudo, a explicitação, para que haja um uso mais consciente da língua.» Declarações do linguista João Costa, que, em Portugal, é também Secretário de Estado Adjunto e da Educação do XXII Governo Constitucional, acerca de como aproximar, atualizando-os, os conteúdos gramaticais do ensino não universitário dos avanços dos estudos científicos sobre as línguas e o fenómeno da linguagem humana em geral. Entrevista publicada na revista científica ReVel (v. 19 n. 37 de 2021).

A importância da gramática
Tanto no ensino como para o domínio da língua

Muitos dos problemas dos utilizadores do português passa por um total desconhecimento das suas regras – como descreve neste apontamento a professora Lúcia Vaz Pedro.

Gramática, para que te quero
Da necessidade do estudo da linguagem e da sua estrutura

Que interesse tem e para que serve estudar gramática? Ana Sousa Martins, coordenadora da Ciberescola da Língua Portuguesa, alerta para a importância de não negar à gramática o papel que tem na escola, sob pena de esta sair também desvalorizada. Transcrição da crónica feita na rubrica "Cronigramas" do programa Páginas de Português, emitido pela Antena 2 em 4/11/2018.

Autorretrato de professora

Compêndio de Gramática Portuguesa, de Nunes de Figueiredo. Era este o meu livro de cabeceira durante a minha infância, que acalentava o meu sonho de vir um dia a ser professora. Qual romance histórico ou romântico, urbano ou realista! Eram os verbos e as orações que me faziam sonhar!

Sempre acreditei que o meu caminho profissional passaria pelo ensino. O ensino da gramática, nua e crua. Bem sei que parece loucura, mas sempre me interessaram as especificidades e vaidades desta língua que é tão minha, tão portuguesa, por meio da qual expresso o que me vai na alma, as minhas emoções, sonhos e ambições!