Nós e a língua, dar um nó na língua e o nó da questão - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
Nós e a língua, dar um nó na língua e o nó da questão
Nós e a língua, dar um nó na língua e o nó da questão
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 274

1. "A Língua Portuguesa em Nós" é a exposição que estará patente no MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, de Lisboa), a partir de 6 de outubro, e que se constitui como uma viagem pela língua portuguesa no mundo. Esta é uma exposição itinerante do Museu da Língua Portuguesa, de São Paulo (em reconstrução desde o incêndio de 2015), que já passou por Cabo Verde, Angola, Moçambique, para além do próprio Brasil, e que envolve um programa diversificado, construído em torno do português. 

2. Um nó na língua terá de dar quem proferir um palavrão. As palavras tabu acompanham o nosso quotidiano. Todos os falantes as conhecem, muitos usam-nas mais ou menos frequentemente, mas quantos conhecem a sua origem? Na rubrica O nosso idioma, a jornalista Rita Cipriano reúne algumas curiosidades a este propósito no seu artigo "Palavrão a palavrão: de onde vieram as asneiras" (transcrito, com a devida vénia, do jornal digital Observador, de 20/09/2015).

3. Para que os significados das palavras não se transformem num nó cego, a editora Texto acaba de lançar o Dicionário da Língua Portuguesa – Léxico, Gramática, Prontuário, da autoria das linguistas Aldina Vaza e Emília Amor. Um dicionário a procurar variegar, cuja apresentação se faz na Montra de Livros

4. E para que as dificuldades da língua não se transformem num nó górdio, no Consultório, respondemos a questões em torno de palavras: qual a origem de Talefe? Posso dizer "bem hajam"? Qual a diferença entre léxico e vocabulário? São metáforas os "cavalinhos" das ondas e os "cavalos de Fão"? Também a sintaxe coloca os seus problemas aos utilizadores da língua: diz-se «Ela nos viu queixar» ou «Ela nos viu queixarmo-nos»? E ainda a identificação de uma oração completiva não finita

5. Na RDP África, no programa Língua de TodosSandra Duarte Tavares aborda duas questões que levantam muitas dúvidas: quando é que devemos escrever porque, junto, e por que, separado? Segundo o novo Acordo Ortográfico, a palavra fim de semana perde o hífen, mas a palavra primeiro-ministro mantém o hífen. Qual é, afinal, a regra para o uso do hífen nas palavras compostas?  É o que se pode ouvir, em direto, na sexta-feira, dia 5 de outubro, às 13h15, com repetição no sábado, 6/10). O programa Páginas de Português, da Antena 2, esteve no FOLIO (Festival Literário Internacional de Óbidos, que, de 27 de setembro a 7 de outubro, é Ponto de Encontro. Encontro de escritores, leitores, artistas, músicos, livros, letras… e muitos pontos de vista diferentes. Durante o evento, foram entrevistados Teresa Calçada, comissária do Plano Nacional de Leitura sobre os desafios e novos projetos, e José Castilho Marques Neto, mentor do Plano Nacional do Livro e Leitura do Brasil, que teve início em 2006. A entrevista abordou também os desafios, as dificuldades e as perspetivas para o futuro com a nova Lei 13.696/18, que institui a Política Nacional de Leitura e Escrita. O programa é transmitido no domingo, 7 de outubro, às 12h30* (com repetição no sábado seguinte, 13/10, pelas 15h30).

* Os programas Língua de Todos, e Páginas de Português  ficam  disponíveis posteriormente aqui e aqui. Hora oficial de Portugal continental.

6. Na atualidade, vemos o Brasil chegar ao nó da questão. Dia 7 de outubro, tem lugar a 1.ª volta das eleições presidenciais**, numa altura em que o país luta para resolver inúmeras crises: as opções da extrema-direita, a indignação das mulheres, a violência extrema, a imigração... Também no dia 7 de outubro, São Tomé e Príncipe* realiza eleições legislativas, autárquicas e regional da ilha do Príncipe. Uma palavra ainda para o poeta Manuel Alegre que recebeu ontem, dia 2 de outubro, o Doutoramento Honoris Causa em Letras pela Universidade de Lisboa. Durante o seu discurso, o poeta afirmou: «Sou desta língua que foi ao mar, descobriu outras línguas e, transformando-as, a si mesma se transformou. Una e diversa, dela nasceram a grande literatura brasileira e também a angolana, cabo-verdiana, moçambicana e de todos os países que falam e escrevem o português.»

** Respostas e artigos sobre o Brasil: "Brasil"; "Brasil/ 'Brazil'"; "Língua portuguesa (emancipação do Brasil)"; "Do português europeu para o português do Brasil"; "Bilinguismo luso-brasileiro"; "Sobre o sotaque do Brasil"; "As grafias húmido (PE) e úmido (PB)"; "Portugal-Brasil. Diferenças linguísticas"; "Língua portuguesa Portugal-Brasil"; "O futebol falado diferentemente no Brasil e em Portugal".

*** Respostas e artigos sobre São Tomé e Príncipe: "Português de São Tomé";  "Os naturais do Príncipe (São Tomé e Príncipe)"; "Os gentílicos de Lamego, Douro, Chaves, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe".

7. Informamos os nossos consulentes de que a nova atualização será feita no dia 8 de outubro, devido ao feriado (em Portugal) da Implantação da República, com lugar a 5 de outubro. A este propósito, recordamos que as palavras república e monarquia se escrevem com minúscula e passamos em revista o sentido do verbo implantar.