Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa O nosso idioma Artigo
O futebol falado diferentemente no Brasil e em Portugal
O futebol falado diferentemente no Brasil e em Portugal

Apresenta-se aqui uma lista comparativa de termos do futebol, a qual evidencia várias diferenças no uso vocabular entre o Brasil e Portugal.

 

Brasil             Portugal
alambrado             vedação (de um campo de futebol)
agasalho             fato de treino
artilheiro             goleador
brazuca1             a bola oficial da Copa Brasil 2014
camiseta             camisola
chuteiras             botas de futebol
coletiva             conferência de imprensa
copa2              taça, “mundial”
craque             ás, estrela, bom de bola
escanteio             (pontapé de) canto
escrete             seleção brasileira
gol             golo + baliza
flâmula             galhardete
goleiro             guarda-redes
gramado             relvado
impedimento             fora de jogo
placar             quadro, mostrador
juiz             árbitro
"lençol"             chapéu
meião             meia (de jogar futebol)
pelota             bola
placar franciscano             resultado em 1-0
saldo de goles             diferença entre golos marcados e golos sofridos
time             equipa
torcedor             adepto
torcida             claque
uniforme             equipamento
vestiário             balneário
volante/cabeça de área             "trinco"
zagueiro             defesa-central
zona do agrião             grande-área

 

Brasuca, com s, é a forma atestada em todos os dicionários.

No Brasil, tal como em Portugal e demais países de língua oficial portuguesa, copa tem também estes outros sentidos.

Sobre os Autores

João Matias, licenciado em Antropologia Social (ISCTE), foi professor do 3.º ciclo (Viana do Alentejo) e universitário (Universidade Lusófona); foi diretor do Diário do Alentejo, redator do jornal A Bola e colaborador da Gazeta da Beira (S. Pedro do Sul), Alentejo Popular (Beja) e do Jornal do Commercio (Recife, Brasil); foi responsável pelas divisões da Cultura, do Desporto e da Educação da Câmara Municipal de Serpa, onde atualmente trabalha nas áreas do cante alentejano e do turismo.

 

Jornalista português, cofundador (com João Carreira Bom) e responsável editorial do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Autor do programa televisivo Cuidado com a Língua!, cuja primeira série se encontra recolhida em livro, em colaboração com a professora Maria Regina Rocha. Ver mais aqui.