Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Sandra Duarte Tavares
Sandra Duarte Tavares
7K

É mestre em Linguística Portuguesa pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É professora no Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC). É formadora do Centro de Formação da RTP e colaboradora de duas rubricas de Língua Portuguesa: Agora, o Português (RTP 1) e Jogo da Língua (Antena 1). É autora dos livros Falar bem, Escrever melhor e 500 Erros mais Comuns da Língua Portuguesa e coautora dos livros Gramática Descomplicada, Pares Difíceis da Língua Portuguesa, Pontapés na Gramática, Assim é que é Falar!SOS da Língua PortuguesaQuem Tem Medo da Língua Portuguesa? Mais Pares Difíceis da Língua Portuguesa e de um manual escolar de Português: Ás das Letras 5. Mais informação aqui.

 
Textos publicados pela autora
Imagem de destaque do artigo

Nesta sua crónica publicada na edição digital da revista Visão de 1/11/207, Sandra Duarte Tavares escreve sobre comunicação empática e cortesia linguística. Texto na íntegra a seguir, com a devida vénia.

Imagem de destaque do artigo

«Afinal que estilo é esse da «comunicação assertiva», tão na moda no contexto empresarial?» é o que resume este texto de Sandra Duarte Tavares, publicado na edição digital da revista Visão do dia 20 de outubro de 2017.

Imagem de destaque do artigo

Cinco pressupostos simples para candidatura de um emprego resumidas neste texto da linguista Sandra Duarte Tavares, dado à estampa na revista Visão (edição digital) do dia 22 de setembro de 2017. 

Imagem de destaque do artigo

«Aquilo que falamos ou escrevemos diz muito sobre nós. Diz mais sobre nós do que podemos imaginar!» – lembra a autora, nesta crónica que se transcreve, com a devida vénia, da revista Visão, do dia 28 de julho de 2017. Nela são apontados 10 erros linguísticos que, do seu ponto de vista, podem manchar a imagem pessoal profissional de quem os cometa.

Imagem de destaque do artigo

Como comunicar com adequação e a eficácia q.b., seja na forma escrita ou oral? Quais os mecanismos da língua e as suas marcas mais expressivas para se "tocar" quem nos dirigimos? Sandra Duarte Tavares enuncia alguns conselhos em texto dado à estampa na versão digital da revista Visão do dia 6 p.p., reproduzido na íntegra a seguir, com a devida vénia.