O complemento do nome e o adjetivo relacional nas expressões «encontro de cientistas» e «encontro científico» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O complemento do nome e o adjetivo relacional
nas expressões «encontro de cientistas» e «encontro científico»

Antes de mais, quero agradecer e elogiar o vosso precioso trabalho, pois tem-me sido muito útil.

Por vezes, fico baralhado com estas duas funções sintáticas até porque já me deparei com diferentes classificações apresentadas em cadernos de atividades para a mesma frase.

Tomemos como exemplo as seguintes frases [sic]: «O encontro de cientistas»; «O encontro internacional de cientistas»; «O encontro científico»; «Indústria sueca»; «economia europeia»; «O livro de português».

Nas frases apresentadas, como já vi diferentes classificações, afinal são modificadores ou complementos?

Já agora aproveito para tirar outra dúvida: «Versões tradicionais» – trata-se de um adjetivo qualificativo ou relacional?

Agradeço a atenção que, certamente, dispensarão às minhas questões.

 

[N.E. – Os exemplos apresentados não são frases, mas sim sintagmas ou grupos nominais.]

Fernando Pinto Estudante Porto, Portugal 42

Os nomes deverbais pedem tipicamente um complemento, que corresponde ao argumento do verbo original. Ora, o nome encontro é derivado do verbo encontrar, que terá uma estrutura como:

(1) «Os cientistas encontraram-se.»

que corresponde à nominalização:

(2) «O encontro de/dos cientistas»

Por essa razão, «de cientistas» tem nas duas primeiras frases apresentadas pelo consulente a função de complemento do nome.

Os nomes que denotam obras culturais1, como filme, história, livro pedem complemento, pelo que em

(3) «O livro de português»

o constituinte «de português» é também complemento de nome.

Nos restantes casos, os adjetivos sublinhados em cada expressão têm a função de modificador do nome restritivo:

(4) «O encontro internacional de cientistas»

(5) «O encontro científico»

(6) «Indústria sueca»

(7) «Economia europeia»

Finalmente, no que respeita ao adjetivo tradicional na expressão «versões tradicionais», este é um adjetivo relacional na medida em que estabelece uma relação entre o nome de que deriva (tradição) e o nome que modifica (versões, neste caso). Por essa razão, pode-se parafrasear a expressão por «versões da tradição».

Em nome do Ciberdúvidas, agradeço as suas palavras de louvor e estímulo. Disponha sempre! 

1. Para mais informações sobre os complementos de nome 1. Pcf. Raposo et al., Gramática do português. Fundação Calouste Gulbenkian, sobretudo pp. 715 e ss. E 1062 e ss.

Carla Marques
Tema: DT (Dicionário Terminológico) Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Semântica; Sintaxe