Ministro da Cultura advoga nova academia para a língua em Portugal - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
Ministro da Cultura advoga nova academia para a língua em Portugal
Ministro da Cultura advoga
nova academia para a língua em Portugal
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 357

JoseAntonioPintoRibeiro1. José António Pinto Ribeiro, ministro da Cultura português, defendeu na Assembleia da República a criação de uma academia com competência normativa sobre a língua portuguesa, visto considerar «esgotado» o actual modelo de intervenção da Academia das Ciências de Lisboa. O ministro incluiu a criação dessa academia num conjunto de instrumentos de defesa do idioma, aos quais se juntam a refundação do Instituto Camões, a criação do Fundo da Língua Portuguesa e a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990.

2. Assinalando, em Portugal, a 1.ª fase dos exames nacionais de 12.º ano, o programa Páginas de Português de domingo, 21 de Junho (às 17h00*, na Antena 2), convidará Paulo Feytor Pinto, presidente da Associação de Professores de Português, para uma análise da prova escrita de língua materna, recentemente realizada. Outro tema de reflexão do programa será o papel da língua portuguesa no sistema das Nações Unidas.

3. Ficam entretanto em linha dois novos textos na rubrica O Nosso Idioma: Marcas, de Ana Martins, e uma reflexão de Maria Regina Rocha sobre a diferença entre a forma verbal Vivam [os noivos, ou os poetas, ou as crianças, por exemplo] e a interjeição de saudação «Viva!».

4. Como já foi anteriormente anunciado, o Ciberdúvidas vai dedicar os próximos meses à construção de novas valências e áreas suplementares à volta da língua portuguesa. O que implica toda uma reestruturação do que está feito e a preparação criteriosa do que se vai fazer. Vamos aproveitar também este interregno para uma melhor classificação das respostas anteriores (à data, perto, já, de 27 mil, no seu total, e que se mantêm permanentemente acessíveis, aqui). Assim sendo, a actividade do consultório encontra-se suspensa até 1 de Setembro, terça-feira. Todas as outras rubricas, porém, manter-se-ão em actualização, sempre que for caso disso. Como foi o caso deste dia.

* Hora oficial de Portugal continental.