O predicado e o predicativo do verbo ser - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O predicado e o predicativo do verbo ser

Gostaria que procedesse à análise sintática desta frase: «Aquele carro é meu.»

jaime rego docente maputo, mocambique 2K

Os verbos copulativos (também designados predicativos, de cópula ou de ligação) ser, estar, permanecer, ficar, parecer, continuar (e outros, que podem, eventualmente, tomar o sentido desses) são verbos que apenas selecionam semanticamente um argumento interno, ou seja,  uma oração pequena, cujo núcleo pode ser adjetival, nominal, preposicional ou adverbial.

«O bebé está [contente].»

«A Maria é [astrofísica].»

«Os meus amigos estão [com pena de se ir embora].»

«O museu fica [perto da estação].»   

Este núcleo chama-se predicativo do sujeito. O predicativo pode ser representado por várias classes de palavras: nome, adjetivo, pronome, numeral,uma oração subordinada.

Exemplos:

«Os alunos estão atentos

«Esses livros são meus.» 

«Os gatos parecem tigres .»

«Ele parece gostar deste gelado.»

 Por outro lado, os pronomes possessivos desempenham várias funções sintáticas, nomeadamente predicativo do sujeito, pois desempenham a função sintática do nome ou grupo nominal que substituem:

1. «Estas compras são minhas

2. «Aquele carro é meu

Assim, em «Aquele carro é meu», aquele carro é o sujeito, é meu, o predicado, e meu é o predicativo do sujeito selecionado pelo verbo copulativo ser.

In Gramática da Língua Portuguesa, Maria Helena Mira Mateus, et al. + Gramática Prática de Português, M. Olga Azevevedo, et al. 

Maria Eugénia Alves
Tema: TLEBS Classe de Palavras: verbo