Sobre predicativo do sujeito - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Sobre predicativo do sujeito

Gostaria de ver esclarecida a seguinte dúvida: Qual a razão de, na frase «O João está ali», ali desempenhar a função sintática de predicativo de sujeito?

Ana Moreira Professora Famalicão, Portugal 10K

O facto de estarmos em presença de uma frase com um verbo copulativo1está – implica a ocorrência do sujeito e do predicativo do sujeito, «função sintática desempenhada pelo constituinte […] que predica algo acerca do sujeito» (Dicionário Terminológico), atribuindo-lhe uma propriedade/ caraterística (ex.: «O João é simpático») ou uma localização temporal (ex.: «O João está hoje connosco») ou espacial (ex.: «O João está aqui/em Lisboa/na escola»), contribuindo para a identificação do sujeito.

Por isso, o predicativo do sujeito pode ser um grupo nominal (ex.: «O João é [professor de Matemática]»), um grupo adjectival (ex.: «O João está muito cansado»), um grupo preposicional (ex.: «O João está no colégio») ou um grupo adverbial (ex.: «O João está aqui» (idem).

Importa referir, também, que o próprio Dicionário Terminológico nos esclarece que «é possível constatar que expressões com valor locativo selecionadas por verbos copulativos desempenham a função de predicativo do sujeito, porque podem ser coordenadas com outros constituintes com a mesma função, independentemente do seu valor: O João está [em Paris e muito doente]».

1São considerados verbos copulativos os seguintes:« ser (i), estar (ii), ficar (iii), parecer (como em "parecer doente"), permanecer, continuar [(iv)- como em "continuar calado"], tornar-se e revelar-se. Exemplos:

(i) A Teresa está doente.

(ii) A Ana é veterinária.

(iii) A Margarida ficou calada.

(iv) A Margarida continua em Lisboa.» (DT)

Eunice Marta
Tema: DT (Dicionário Terminológico) Classe de Palavras: advérbio
Campos Linguísticos: Aspecto (verbos); Funções sintácticas