Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Verbos com particípio passado duplo (II)

Gostaria de saber o que são verbos com particípio passado duplo. E quais são eles?

Lídia Barreto Portugal 36K

Verbos com duplo particípio passado são os verbos que utilizam, na formação dos tempos compostos, a forma regular (em -ado ou -ido), geralmente com os auxiliares ter e haver; e a forma irregular, mais curta, também chamada forma erudita por provir do latim, habitualmente utilizada com os auxiliares ser e estar.

«O particípio irregular costuma derivar directamente do latim como cultismo, ainda que algumas vezes se tenha já formado dentro da língua prtuguesa por contracção. Esquecida a sua proveniência verbal, a maior parte destes particípios são usados como simples adjectivos (cego, cativo. livre) ou inclusive como substantivos (progresso, reduto).» (In Gramática da Língua Portuguesa, de Pilar Vazques Cuesta e Maria Albertina Mendes da Luz , Edições 70, Lisboa).

Esta é a regra geral. Mas há excepções, com alguns verbos cujos particípios passados irregulares se conjugam com os auxiliares ter e haver: coberto, escrito, ganho, gasto, pago, etc.

Apenas as formas irregulares se usam como adjectivos e são as que se empregam com os verbos andar, estar, ficar, ir e vir: «Andamos mortos de cansaço», «Fiquei preso ao arame», «Estou liberto do trabalho», «Vou directo ao assunto», «Venho aflita com as horas» (In Guia Prático dos Verbos Portugueses, de Deolinda Monteiro e Beatriz Pessoa, Lidel, Edições Técnicas, Lda., Lisboa, Porto, Coimbra).

Exemplos (da gramática e do guia acima citados + Saber Escrever, Saber Falar, de Edite Estrela, Maria Almira Soares e Maria José Leitão, Publicações Dom Quixote, Lisboa + Prontuário Ortográfico Moderno, de Manuela Parreira e J. Manuel Castro Pinto, ed. Asa, Porto + Dicionário Prático de Conjugação dos Verbos da Língua Portuguesa, de Ana Maria Guedes e Rui Guedes, Bertrand Editora, Lisboa):

Abrir: («Tem/foi/esteve...»); aberto1

Absorver: («O trabalho tem-nos...») absorvido; («Estive totalmente ...») absorto

Abstrair: («Tenho-me...) abstraído; abstracto2

Aceitar: («Temos...) aceitado; («Foi»...) aceito, aceite

Acender: («Os fogos» têm-se...») acendido; («A luz estevetoda a noite...») acesa

Afeiçoar: («Estou/tenho-me...») afeiçoado; afecto2

Afligir: («Tenho-me...») afligido; («Estive...») aflito2

Agradecer: («Estou/fiquei...»); agradecido; grato3

Assentar: («Tenho isso...») assentado; («Entre nós foi/esteve...») assente

Atender: («Fui/estou...») atendido; atento3

Benzer: benzido; bento

Cativar: («Tenho-o...») cativado; («Estou...») cativo4

Cegar: («A diabetes tem-no...») cegado; («A diabetes está a pô-lo...») cego4

Cobrir: cobrido; coberto3

Completar: («Um dia haveremos de o ter...») completado; («O trabalho está...») completo2

Concluir: («Temos tudo...») concluído; concluso

Confundir: («Tens-te...») confundido; confuso3, 4

Convencer: («Aos poucos, tenho-o...») convencido; («Tenho-me/estou...») convicto4, 5

Corrigir: corrigido; («Foi muito...») correcto3, 6

Corromper: «Têm-me/fui...») corrompido; corrupto2

Cultivar: («São valores que tenho...») cultivado; («É um homem ...») culto

Defender: («Temo-nos/estou...») defendido; defeso9

Descalçar: descalçado; descalço2, 7

Dirigir: (« Tivemos tudo...») dirigido; («Fui...») directo

Dispersar: (« Tivemos a manifestação…») dispersada; («Foi um encontro...») disperso

Dissolver: («Tenho ...») dissolvido; («Estar...») dissoluto

Distinguir: («Tenho ...») distinguido; («Estar...») distinto

Eleger: («Depois de terem...») elegido; («Foi...») eleito

Emergir: («Tem várias vezes ...») emergido; («Estar...») imerso

Encher: («Ter...») enchido; («Estar...») cheio

Entregar: («Tenho-me várias vezes ...») entregado; («Foi...») entregue

Envolver: («Tenho-me várias vezes ...») envolvido; («Estar...») envolto

Enxugar: («Tenho-me várias vezes ...») enxugado; («Estar...») enxuto

Erigir: («Tenho-me várias vezes ...») erigido; («Estar...») erecto

Escurecer: («Tem ...») escurecido,; («Está...») escuro

Exaurir: («O esforço tem-lhe ...») exaurido; («Está ...») exausto

Expressar: («Tem-se ...») expressado; («Está...») expresso

Exprimir: («Tem ...») exprimido; («Está/ficou...») expresso

Expulsar: («Tem ...») expulsado; («Foi...») expulso

Extinguir: («Tem-se...») extinguido; («Está...») extinto

Fartar: («Tem-se ...») fartado, («estou...») farto2

Findar: («Tem-se aos poucos...») findado; («Logo que esteja o trabalho... ») findo4

Fixar: («Tenho...») fixado; («Está... ») fixo2

Frigir: («Tínhamos o azeite...») frigido, («Foi... ») frito

Ganhar: («Tínhamos...») ganhado; («Foi... ») ganho

Gastar: («Temos...») gastado; («Foi...») gasto

Imergir: («Tem várias vezes...») imergido; («Esteve...») imerso

Imprimir: («Temo-lo...») imprimido; («Foi...») impresso

Incluir: («Temo-lo...») incluído; («Foi...») incluso

Incorrer: («Tem-se ...») incorrido; («Esteve...») incurso

Infectar: («Tem/estar ...») infectado; infecto4

Inquietar: («Temo-lo...») inquietado, («Foi... »); inquieto4+8

Inserir: («Ter...») inserido,; («Estar...») inserto

Isentar: («Tenho-o...») isentado; («Foi...») isento2

Juntar: («Ter...») juntado; («Estar...») junto

Libertar: («Ter...») libertado; («Foi...») liberto2

Limpar: («Tenho...») limpado; («Estar ... ») limpo

Manifestar: («Ter...») manifestado; («Foi...») manifesto

Matar: («Ter...») matado; («Foi...») morto

Morrer:(«Ter...») morrido; («Foi...») morto

Murchar: («Ter...») murchado; («Estar...») murcho4

Nascer: («Ter...») nascido;(«Foi...») nado/nato

Ocultar: («Tenho...») ocultado; («Esteve...») oculto4

Omitir: («Tenho...») omitido; («Estou...») omisso

Oprimir: («Ter...») oprimido; («Esteve...») opresso

Pagar: («Ter...») pagado; («Estar...») pago

Perverter: («Ter...») pervertido; («Foi...») perverso2

Prender: («Ter...») prendido, («Foi...»); preso

Pretender: («Tenho...») pretendido11; pretenso

Reeleger: («Depois de terem...») reelegido; («Foi...») reeleito

Reempregar: («Tenho-me várias vezes ...») reempregado; («Foi ...») reempregue

Reimprimir: («Temo-lo...») reimprimido; («Foi...») reimpresso

Repelir: («Ter...») repelido; («Foi...») repulso

Restringir: («Ter...») restringido; («Estar...») restrito4

Revolver: («Ter...») revolvido; («Foi...») revolto

Romper: («Ter...») rompido; («Estar...») roto2

Salvar: («Ter...») salvado; («Estar...») salvo

Secar: («Ter...») secado; («Estar...») seco2

Segurar: («Ter...») segurado; («Estar...») seguro2

Sepultar: («Ter...») sepultado; («Estar...») sepulto

Segurar: («Ter...») segurado; («Estar...») seguro2

Situar: («Ter/estar...») situado; («Estar...») sito4

Soltar: («Ter...») soltado; («Foi...») solto

Submergir: («Ter...») submergido; («Foi...») submerso

SubmeterTenho-me...») submetido; submisso4

Sujar: («Tenho...») sujado; («Está...») sujo

Sujeitar: («Ter...») sujeitado, («Foi...») sujeito

Surgir: («Ter...») surgido; surto2

Surpreender: («Ter...») surpreendido; («Foi...») surpreso2

Suspeitar: («Ter...») suspeitado; («Foi...») suspeito2

Suspender: («Ter...») suspendido; («Foi...») suspenso

Tingir: («Ter...») tingido; tinto4

Torcer : («Ter...») torcido; («Foi...») torto4

Vagar: («Ter...») vagado; («Estar...») vago2

 

1 Só se usa a forma irregular

2 Adjectivo e substantivo

3 Excepção, que utiliza os auxiliares ter e haver

4 Adjectivo

5 Dizemos: «É um homem convencido» e «É um democrata convicto»

6 As duas formas têm significações distintas:

«A prova está corrigida» (= está emendada – part.)
«A prova está correcta» (= está certa – adj.)

7 Descalçado e descalço têm diferentes sentidos:

«Foi descalçado pelo amigo»
«Entrou descalço no templo»

 

8 Com estes paricípios passados também há diferentes tonalidades:

«Foi inquietado pelos colegas» (= foi importunado)
«Foi inquieto» (= não esteve quieto – adj.)

 

9 O particípio irregular defeso é usado apenas como adj., no sentido de «proibido» («É defeso caçar»).

10 Pretenso só é usado no sentido de «suposto».

José Mário Costa