Figuras de estilo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Figuras de estilo

Quais são as figuras de estilo ou linguagem nas frases seguintes, se é que as há?

«Era um especialista na arte de dizer tolices.»

«Empregava todo o seu esforço em não fazer nada.»

«A beleza dela é inversamente proporcional à sua inteligência.»

Agradeço a resposta desde já.

Fernando Bueno Engenheiro Belo Horizonte, Brasil 1K

Em resposta à questão colocada, passamos a analisar cada frase:

(1) «Era um especialista na arte de dizer tolices.» – A frase apresenta duas figuras de estilo: uma metáfora, na medida em que se associam os traços de «aptidão», «talento», próprios do termo arte, à atividade de «dizer tolices»; uma ironia, que reveste a metáfora e que se prolonga ao termo especialista, na medida em que se afirma o contrário daquilo que se pensa, o que transforma a frase não num elogio mas numa crítica;

(2) «Empregava todo o seu esforço em não fazer nada.» – A frase apresenta uma antítese, que consiste na aproximação de duas expressões com sentidos opostos: esforço e não fazer nada;

(3) «A beleza dela é inversamente proporcional à sua inteligência.» – A frase apresenta uma comparação, figura de estilo que não estabelece apenas uma aproximação entre termos mas que também pode estabelecer um contraste, o que se verifica, neste caso, entre os conceitos de beleza e de inteligência.

Convém aqui recordar que a identificação de figuras de estilo é uma atividade interpretativa, logo subjetiva, que está dependente quer da sensibilidade de quem analisa quer das intenções de quem produz a frase ou o texto.

Carla Marques