Expressões populares e idiomáticas - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Expressões populares e idiomáticas

Gostaria de saber qual a diferença entre expressões populares e expressões idiomáticas, se possível com exemplos.

Teresa Domingos Professora Faro, Portugal 8K

António Nogueira Santos, em Novos Dicionários de Expressões Idiomáticas (Lisboa, Sá da Costa, 1988), define expressão idiomática como «forma ou expressão própria de uma língua, impossível de traduzir literalmente noutra de estrutura análoga», o que evidencia a particularidade destas expressões de se tornarem difíceis de traduzir, porque a «frase ou expressão funciona como um todo que normalmente não pode ser entendido de forma literal» (Grande Dicionário da Língua Portuguesa, da Porto Editora, 2010).

Repare-se que se torna muito difícil explicar a um estrangeiro o sentido de expressões como «apanhar um boné» (sentir-se enganado e desorientado), «descalçar esta bota» (resolver este problema), «à larga» (sem restrições), «onde Judas perdeu as botas» (em lugar distante e incerto), «lamber botas a» (bajular).

Por sua vez, as expressões populares são, tal como o adjetivo popular indica, as que têm origem no povo e estão geralmente associadas às profissões e afazeres que, desde a Idade Média, eram atribuídos a esse grupo social (agricultura, mudanças meteorológicas, ofícios, trabalhos domésticos, etc.) e resultam da sua experiência, a chamada sabedoria popular. Por isso, pertencem às expressões populares os provérbios, os regionalismos, as frases feitas, o calão e a gíria.

Não há dúvida de que o provérbio «Casa de ferreiro, espeto de pau» é, também, uma expressão popular, tal como «Deitar os bofes pela boca» (estar estafado, com a respiração ofegante) e «Lamber os beiços» (saborear, apreciar com bastante agrado), em que a linguagem rude do quotidiano popular sobressai.

 

N.E. – No arquivo do Ciberdúvidas há várias respostas sobre diversas expressões idiomáticas e populares esclarecedoras sobre as suas particularidades. Vide, ainda, outras referências  nos Textos Relacionados, ao lado.

Cf. O significado de 6 expressões populares curiosas + 8 expressões fantásticas que a televisão nos deu + 13 Frases Feitas e seu significado 18 Frases Feitas e seu significado 

Eunice Marta