Glossário de erros mais frequentes - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.

Glossário de erros mais frequentes [ Letra: D ]

...e não "(des)pretencioso".
Regência normalmente mal utilizada. Cf. REGÊNCIAS. certo / errado: "Informo-o de que chego amanhã..." / "Informo-o que chego amanhã..." "Posso provar que..." / "Posso provar de que..."
Dif.de DESCAIR. Conjugam-se como cair. Cf. FLEXÃO.
Dif. de DE CERTO.
...aportug. do latim "deficit" (e nunca o barbarismo "deficite").
...e não "defenição".
...e não "defenir". Cf. BARBARISMOS.
Dif. de desmarcar.
Dif de DÊMOS. Cf. VERBOS.
Dif. discriminar. Cf. GRAFIA.

Não se escreve «"desde" Moscovo» mas «de Moscovo», nem «"desde" a Bairrada "até ao" Algarve» mas «da Bairrada ao Algarve».

...e não "desiquilibrio". Cf. BARBARISMOS.
...e não "dispender".
Dif de dispensa. Cf. HOMÓFONAS.
Erro crasso, utilizado no sentido exactamente inverso ao da ideia original. Não se "despoleta" uma granada para deflagrá-la: descavilha-se. Quando se despoleta ela fica sem efeito. No sentido da deflagração, prefira-se, por exemplo, a imagem detonar, rebentar, activar. Cf. Respostas Anteriores + Pelourinho.
...e não "dignatários".
Dif. de delação. [Outras palavras de expressão/conteúdo diferentes começadas por de/di: deferente/diferente, delatório/dilatório].
- Impropriedade em `futebolês` Cf. FUTEBOLÊS.
...e não "dispendio".
...utilizado desadequadamente.
Não sendo sinónimos de dizer, os verbos acentuar, afirmar, confessar, declarar, esclarecer, observar, precisar, referir, rematar são muitas vezes empregados como se o fossem. Importa, assim, cuidar do seu uso adequado e preciso. Cf. VERBOS.