Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Sedear vs. sediar

«Sedear a conta num banco» ou «sediar a conta num banco»?


Agradecimentos por me tirarem esta dúvida.

Rui Seara Técnico de electrónica Lisboa, Portugal 2K

Segundo o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, sedear é «limpar com escova de seda (objetos de ouro, prata etc.)» e sediar significa «servir de sede a, acolher». Deve, pois, dizer e escrever «sediar a conta num banco».


Note-se, contudo, que esta diferença (gráfica, porque não há diferença de pronúncia) deve ter poucos anos, porque o verbo sediar não figura nem no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora (6.ª edição, de 1992) nem no Grande Dicionário da Língua Portuguesa (1991), de José Pedro Machado. É, aliás, curioso ver que há dez anos, aqui no Ciberdúvidas, F. V. Peixoto da Fonseca defendia, com bons argumentos, que sediar é uma forma incorre{#c|}ta, porque os verbos em -iar devem este i ao substantivo donde derivam; não sendo este o caso de sede, deve-se considerar que sedear é a forma mais adequada. No entanto, como vimos, os dicionários mais recentes mostram preferência pelo contraste gráfico entre as palavras, muito embora se pronunciem da mesma maneira ("sediar").

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: verbo