O género do anglicismo gig (= concerto) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O género do anglicismo gig (= concerto)

O termo inglês gig, introduzido no meio musical, em português é considerado um nome do género masculino ou feminino?

Se traduzirmos como «concerto/ espetáculo musical» dizemos «o gig»?

E se traduzirmos como «atuação/ apresentação musical», dizemos «a gig»?

Será indiferente usarmos o masculino ou feminino?

Dália Conceição Professora Évora, Portugal 348

A palavra gig – pronuncia-se aproximadamente como "guigue" – é um nome que constitui um empréstimo proveniente do inglês (anglicismo), e significa «atuação ao vivo de um músico ou de um grupo musical que tocam música pop ou jazz.

Trata-se de um termo que ainda não tem uso estável no português, não estando sequer dicionarizado como estrangeirismo, o que significa que o género a atribuir-lhe depende da tradução que os falantes subentenderem. Sendo assim, a palavra gig pode ser usada nos dois géneros – por enquanto – e mantém a ortografia original, pelo que se recomenda que figure em itálico ou entre aspas em textos escritos em português.

Acrescente-se que, em inglês, gig, «concerto», terá origem desconhecida (ver Online Etymology Dictionary). Existe também nessa língua um vocábulo homónimo que merece referência, gig, que significa «carruagem de duas rodas puxada a cavalo» e «barco pequeno», cuja origem se relacionará com o antigo norueguês geiga, «virar de lado» (idem). Daqui provém o português guiga, «barco a remos, estreito e comprido, usado em regatas» (Dicionário Priberam da Língua Portuguesa; ver também Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, 2001).

Observe-se, por último, que gig é facilmente substituível por concerto ou atuação.

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo