«De mãos a abanar» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«De mãos a abanar»

Gostaria de saber qual a melhor maneira de dizer:

1) ir/ficar com as mãos a abanar;

2) ir/ficar de mãos a abanar.

Obrigado.

Vasyl Tsanko Músico Aveiro, Portugal 42

O mais adequado ou correto é «ir/ficar de mão a abanar» que significa «ir/ficar com as mãos vazias, sem lucrar ou tirar proveito da situação». Por outro lado, a expressão com a preposição com – «ir/ficar com as mãos a abanar» –, embora variante da expressão em apreço e, portanto aceitável*, refere-se também, de modo genérico, ao movimento real que podemos fazer com as mãos, ou seja, abaná-las. 

* António Nogueira Santos, em Novos Dicionários de Expressões Idiomáticas – Português (Lisboa, Edições João Sá da Costa, 1988, p. 242), regista a expressão aceitando ambas as preposições: «andar/ficar com as mãos/de mãos a abanar (popular): não obter, não receber o que se esperava ou pretendia; não ser contemplado.»

Sara Mourato
Classe de Palavras: locução