Macau, «enorme ponte virtual» entre a China e a língua portuguesa - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Início Aberturas Abertura
Macau, «enorme ponte virtual» entre a China e a língua portuguesa
Macau, «enorme ponte virtual» entre a China e a língua portuguesa
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 671

1. Macau é «uma enorme ponte virtual» que liga a China às comunidades de língua portuguesa – foi com esta expressão sugestiva que o primeiro-ministro português António Costa, em visita oficial à República Popular da China, marcou as suas declarações no Instituto Politécnico de Macau (IPM), no final da cerimónia de inauguração de um laboratório de tradução automática para difusão do português entre os falantes de chinês (notícia da agência Lusa). De realçar, no mesmo contexto, o lançamento, pelo IPM, de uma licenciatura em Português no ano letivo de 2017/18 (ler aqui). Sobre o passado e o presente linguísticos de Macau, leiam-se "A origem do nome Macau", "Macaense e macaísta", "Dialeto, crioulo e patoá", "O futuro do português (também) em Macau", "A origem e o significado da palavra misco (Macau)", "O regionalismo panchão (Macau).

Cf. Qual a língua mais falada em Macau?

2. Assinala-se o Dia da Visão em 13 de outubro, com o qual a Organização Mundial de Saúde visa prevenir a população dos perigos da visão, como a cegueira e a deficiência visual. A respeito destas preocupações, consulte-se, por exemplo, a resposta intitulada "Amaurose".

3. Na rubrica O nosso idioma:

– ainda acerca do uso de nomes próprios de origem banta, Miguel Faria Bastos dá conta de algumas questões fónicas e gráficas das chamadas «línguas nacionais» de Angola na sua relação com o português;

– Filipe de Carvalho comenta um uso de «antes preferir» que, por ser ambíguo, pode não estar assim tão errado.

4. Sabe-se que, no português de Portugal, a colocação frásica dos pronomes átonos (ou clíticos) me, te, se, o, lhe, etc. obedece a certas regras específicas. Associados a infinitivos, devem aparecer antes ou depois destas formas verbais? E que pronomes podem combinar-se ao mesmo tempo? Por exemplo, em «vende-se-vo-la», aceita-se o grupo pronominal «-se-vo-la»? As respostas acham-se no consultório, cuja atualização inclui ainda uma questão sobre a construção a + infinitivo, com função descritiva: «pessoas a pedir ajuda», ou «a pedirem ajuda»?

5. Sobre os programas de rádio que o Ciberdúvidas produz para a rádio pública portuguesa:

– A rede do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua abrange hoje 84 países, 72 centros de língua portuguesa, 20 centros culturais, englobando mais de 1300 docentes, 927 instituições e mais de 160.700 alunos. No programa Língua de Todos de sexta-feira, 14 de outubro (às 13h15*, na RDP África; com repetição no sábado, 15 de outubro, depois do noticiário das 9h00*), Ana Paula Laborinho, que dirige os destinos do Camões desde 2012, evidencia os desafios que o instituto foi enfrentando nos últimos anos, sublinhando a importância do ensino da língua portuguesa em África.

– A língua portuguesa é a quarta ou quinta mais falada no globo. Os números variam consoante os estudos. Certo é que o português se tornou na quinta língua com mais utilizadores na Internet e a terceira mais usada no Facebook. Mais de 260 milhões de pessoas expressam-se em português, e a língua é ensinada em mais de 80 países. Na sequência da apresentação, em 15/09/2016, das medidas de promoção do Português Língua Estrangeira, por parte do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, o Páginas de Português de domingo, 16 de outubro (Antena 2, às 12h30*, com repetição no sábado seguinte às 15h30*), dá-se conta das declarações do ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, sobre o anunciado impulso, pelo Governo de Lisboa, do ensino da língua portuguesa no Mundo.

*Hora continental portuguesa.