Português na 1.ª pessoa - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Português na 1.ª pessoa
Imagem de destaque do artigo
Frases feitas e esvaziadas de cordialidade

As frases feitas estão por todo o lado, de tal forma que o seu conteúdo parece ter-se esvaziado.É o caso da expressão «em que mais posso ajudá-lo», recorrente no comércio, como escreve o autor, em crónica originalmente publicada no jornal Público, de 16 de novembro, que a seguir transcrita com a devida vénia. 

Imagem de destaque do artigo

Texto de D'Silvas Filho sobre a Avaliação do Impacto do Acordo Ortográfico de 1990, do Grupo de trabalho da Assembleia da República. O texto completo está disponível na página pessoal do autor.

Imagem de destaque do artigo
Sobre a I Reunião do COLP

Comentário de D´Silvas Filho à primeira reunião do Conselho de Ortografia da Língua Portuguesa (COLP)

Imagem de destaque do artigo
Um acento duplicado... numa pergunta de cultura geral

Descaso com a acentuação gráfica num concurso televisivo de apreciável audiência em Portugal.

Imagem de destaque do artigo
Um tropeção recorrente no discurso político em Portugal

Será que ninguém pode explicar ao primeiro-ministro António Costa que a palavra é competitividade (competitivo+idade = competitividade)?

Imagem de destaque do artigo
Situações em que a vírgula deve ser usada

Regressando ao tema da vírgula, Carla Marques apresenta um conjunto de situações em que a vírgula deve ser usada. 

Imagem de destaque do artigo
Dois mestres do adjetivo
Por André Chermont de Lima

Numa aproximação improvável, André de Lima realça a semelhança na atitude perante o valor do adjetivo patente na escrita de Nelson Rodrigues (escritor e jornalista brasileiro) e de Jorge Luís Borges (escritor e poeta argentino).  

Imagem de destaque do artigo
O caso de relativos com preposições

A construção de frases com orações relativas que não são introduzidas pelas preposições regidas pelo verbo é um erro muito frequente. Carla Marques recorda as regras a seguir nestes casos para construir frases corretas. A bem da "casa" da língua!

Imagem de destaque do artigo

Como (não) confundir uma baleia com uma lagosta ou um caranguejo...

Imagem de destaque do artigo
A situação preocupante de uma classe profissional

Os media portugueses deram ampla projeção a um caso ocorrido numa escola lisboeta: um professor detido, porque suspeito de agressão a um aluno desobediente ou provocador, em plena sala de aula. Mas o inverso também não é inédito, pois não são assim tão raras as notícias de alunos a agredirem professores e demais funcionários. Que se passa com as escolas e, afinal, com a sociedade para chegarmos a este ponto? Sobre este triste panorama, transcreve-se com a devida vénia o texto que a professora Lúcia Vaz Pedro assina na edição de 24 de outubro de 2019 do jornal português Público.