Montra de Livros - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início Atualidades Montra de Livros
Novidades editoriais (dicionários, gramáticas, publicações científicas, etc.).
Por Maria Helena Mira Mateus

Nesta obra, Maria Helena Mira Mateus passa em revista o que mais marcou a sua vida: «Muitas vezes procurei ser objetiva visto que sabia que todos os factos foram chegando até à borda das minhas recordações, embrulhados nos sentimentos com que os convoquei». 

Por Luís Leal Miranda

O Desdicionário da Língua Portuguesa é uma obra do copywriter e jornalista português Luís Leal Miranda, reunindo 218 verbetes com palavras inventadas e glosadas divertidamente por ele próprio, inicialmente no Facebook. Editado pela Stolen Books, com ilustrações de José Cardoso. 

Por Wilton Fonseca, Mário de Carvalho e António Santos Gomes

terceiro volume desta obra, com autoria de Wilton FonsecaMário de Carvalho e António Santos Gomes (Perfil Criativo – Edições)recolhe depoimentos de várias gerações de jornalistas, administradores e responsáveis governamentais envolvidos nas agências noticiosas portuguesas, de antes e depois do 25 de Abril de 1974.

Por Sérgio Luís de Carvalho

200 palavras que «nos podem tornar um pouco mais cultos» é o propósito desta nova obra do autor de Nas Bocas do Mundo, de Uma Viagem pelas Histórias das Expressões Portuguesas e do Dicionário de Insultos, com a chancela da editora Clube do Autor. 

Por Jorge Esteves

Cerca de 320 aforismos estão presentes na obra Coisas do Arco-da-Velha – Sem Perguntas, Só Respostas, expressões idiomáticas que viajaram no tempo e que ainda hoje são comummente usadas por todos.

 

Por Cidália Martins, José Pires e Mário Sacramento

Com mais de 10 200 palavras do linguajar transmontano – entre registos mais antigos à gíria e ao calão usado pelas gerações mais novas – este dicionário com autoria de Cidália Martins, José Pires e Mário Sacramento, sob a chancela da editora Guerra e Paz.

Por Luís Miguel Ricardo

Os alentejanos têm um linguajar característico, património imaterial da região, que não se pode perder. É neste esforço que Luís Miguel Ricardo, autor de Falares e Ditarenhos do Alentejo, selecionou, com a ajuda de uma equipa de colaboradores, um conjunto de termos e expressões regionais. Um trabalho que demorou algum tempo, pois preocupou-se em pesquisar nas zonas mais recônditas do Alentejo.

Por Ana Pereira, Diogo Simão, Filipe Pires, João Duarte, Marco Gago, Miguel Brito de Oliveira, Nuno Soares e Roberto Leandro

um livro que faz um levantamento dos termos e expressões utilizados no Algarve. Uma obra diversificada que apresenta artigos que explicam determinados termos e expressões, mas, igualmente, poemas, história e praga, nm contributo linguístico para o melhor conhecimento deste linguajar regional português. 

Por João Carlos Brito

O Porto é uma cidade com um calão e uma gíria muito próprios. João Carlos Brito é um autor que se tem mostrado muito interessado pelas chamadas «línguas marginais»  no seu registo informal, nomeadamente, o calão, os níveis familiares, populares, os regionalismos, os idiomatismos, as gírias. Daí à elaboração desta obra que interessa  a quantos gosta da língua portuguesa e, em particular, das suas variantes regionais e sociais.  Edição Lugar da Palavra.

 

Por João de Mancelos

Uma aventura pelas técnicas a utilizar para quem gosta de escrever e criar histórias, com a orientação de João de Mancelos. Um obra complementada com exercícios práticos e suportes audiovisuais como formas de apoio à aprendizagem. Especialmente interessante para quem pretende melhorar a sua escrita e envolver-se no mundo da ficção e da aventura, procurando a inspiração. Editada pela Colibri e já na 5.ª edição.