Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho
Registos críticos de maus usos da língua no espaço público.
Imagem de destaque do artigo

A nada protocolar forma de tratamento do «você» inadequadamente usada na tradução-legendagem da série televisiva "Napoleão", que passou no primeiro canal da televisão pública portuguesa, aos sábados à noite.

Imagem de destaque do artigo

Se os revisores fizessem ainda parte essencial da vida das editoras em Portugal, dificilmente  aconteceria a publicação de um título com a falta da vírgula antes do vocativo.

Imagem de destaque do artigo

Numa só legenda não um, nem dois, nem três, mas… quatro erros, quatro, é obra!...

Imagem de destaque do artigo

«O uso do gerúndio não é exclusivo dos brasileiros», recorda a autora neste apontamento, a propósito de um vídeo a circular nas redes sociais, no qual o músico Caetano Veloso manifesta o seu descontentamento (legítimo), por uma jornalista portuguesa que o entrevistou ter trocado o uso que faz da conjugação perifrástica «estamos passando» por «estamos a passar».

Imagem de destaque do artigo

Intenção em vez de intensão, neste erro apontado pelo autor a um rodapé descuidado do canal televisão SIC Notícias.

Imagem de destaque do artigo

Reunir, como verbo transitivo, em vez de reunir-se, conjugado pronominalmente – um persistente erro «de anos a fio» na comunicação social portuguesa. Por desleixo e...

Imagem de destaque do artigo

«A propósito dos 80 anos de Guernica, o emblemático quadro de Picasso alusivo à Guerra Civil espanhola, e da exposição consagrada à efeméride em Madrid, as notícias na imprensa português registaram invariavelmente o nome espanhol do museu, Reina Sofia. Reina, em português, não é rainha? (...)»

Imagem de destaque do artigo

 «(...) num cenário em que um dos desafios da banca tem sido o de conter
a queda das receitas. Ou seja, o corte do cost-to-income doméstico de 82%
para 45% passará sobretudo pelo “cost” e não tanto pelo “income”. (...)»

 

[in Dinheiro Vivo, 12/03/2017]

Imagem de destaque do artigo

«É engraçado que ele está desempregado mas não está

Que foi feito do modo conjuntivo nesta oração subordinada completiva? (...)

Imagem de destaque do artigo

Uma revista destinada a um público infantojuvenil escrevendo, e logo em título escarrapachado, “conheçe” em vez de conhece!? (...)