«1.º e 2.º ciclos» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«1.º e 2.º ciclos»

Diz-se «nos 1.º e 2.º ciclos» ou «no 1.º e 2.º ciclo»?

Maria Monteiro Lisboa, Portugal 4K

Aceita-se quer o singular – «o 1.º e 2.º ciclo» –, quer o plural – «o 1.º e 2.º ciclos

Lê-se o seguinte no Dicionário de Dificuldades e Subtilezas do Idioma Português (1958, p. 764), de Vasco Botelho de Amaral:

«A Gramática não pode condenar aquele fenómeno linguístico, em virtude do qual se realizam subentendimentos de palavras e até de frases. Aos subentendimentos chama a Gramática elipses.

Portanto quem disser 1.ª e 2.ª circunscrição pode recorrer a esta escapatória legal: subentende-se  1.ª circunscrição e 2.ª circunscrição.

[...] Quem diz, pois, 1.ª e 2.ª circunscrição diz bem.

Mas igualmente diz bem quem disser – 1.ª e 2.ª circunscrições [...].»

Quanto à forma do artigo definido (singular ou plural) antes de 1.º e 2.º ciclos, Botelho de Amaral apresenta exemplos que apenas apresentam o singular:

«No segundo e terceiro dia tivemos um tempo verdadeiramente mau...» (António Feliciano de Castilho, Cartas)
«O quarto e quinto Afonso e o terceiro.» (Os Lusíadas, I, 13)

Sem excluir a possibilidade de empregar os («os 1.º e 2.º ciclos», uma vez que, com adjetivos pospostos, se diz «os ciclos arturiano e wagneriano»...), nota-se, mesmo assim, preferência pelo artigo definido singular antes do primeiro ordinal, podendo repetir-se ou não em associação com o segundo ordinal: «o 1.º e o 2.º ciclo/ciclos», ou «o 1.º e 2.º ciclos/ciclos».

Sandra Duarte Tavares
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo