Do galego-português ao português - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Do galego-português ao português

Sabemos que o português evoluiu do galego, que é um romance derivado da latinização de um povo celta ou protocelta (os lusitanos, por exemplo. E este, da celtização de um povo aparentado dos vascos que por lá habitava).

Onde podemos estudar um pouco mais este período linguístico? Há estudos sobre a toponímia portuguesa e galega? Há citações romanas dessa língua?

Marco Polo T. Dutra P. Silva Brasil 2K

Não se pode dizer que o português evoluiu do galego, ou vice-versa. Houve, sim, uma fase arcaica, durante a Idade Média, denominada galego-português, que vinha a ser o idioma falado nas duas margens do Minho. Com a nossa independência, o galego propriamente dito passou a girar na órbita política e linguística do castelhano, enquanto o português se foi diferenciando, sobretudo devido à influência do moçárabe, desenvolvido no centro e, sobretudo, no Sul do País.

Os Celtas não eram aparentados com os Vascos ou Bascos, mas os Lusitanos, os nossos antepassados mais conhecidos, eram, de facto, celtas (ou melhor, celtiberos) e deviam falar uma língua da família céltica, muito aparentada com a itálica, a que pertencia o latim, trazido para a Península pelos Romanos (soldados, funcionários e colonos), na sua forma vulgar.

Há estudos sobre toponímia galego-portuguesa, designadamente Os Nomes Germânicos na Toponímia Portuguesa, de Joseph Piel. Alguns escritores romanos referiam-se à língua falada pelos Lusitanos, mas sempre sem entrar em pormenores.

F. V. Peixoto da Fonseca