Rocha-mãe, raposa-do-deserto e papagaio-verde - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Rocha-mãe, raposa-do-deserto e papagaio-verde

"Rocha-mãe" ou "rocha mãe"?

"Raposa do deserto" ou "raposa-do-deserto"? "Papagaio verde" ou "papagaio-verde"?

Com ou sem hífen?

Sofia Silva Técnica de educação Braga, Portugal 42

Os compostos raposa-do-deserto e papagaio-verde são hifenizados por designarem uma espécie zoológica (Base XV do Acordo Ortográfico em vigor).

Em relação ao composto rocha-mãe, a hifenização pode ser considerada útil e correta por estarmos perante um substantivo com função de adjetivo que constitui uma unidade semântica própria. No entanto, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências de Lisboa, apresenta exemplos em que temos o substantivo mãe a desempenhar a função de adjetivo num composto não hifenizado  casa mãe e língua mãe. Posto isto, podemos afirmar que estamos perante um caso sobre o qual não parece haver consenso, o que nos dá espaço para escolhermos o uso, ou não, do hífen em composto com mãe, como rocha-mãe

Sara Mourato
Tema: Acordo Ortográfico Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Morfologia Construcional; Ortografia/Pontuação Campos Linguísticos: Composição; Hifenização