«... (onde/aonde) meu amo não tenha mandado te procurar» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
«... (onde/aonde) meu amo não tenha mandado te procurar»

Na frase abaixo, qual advérbio melhor se emprega: onde ou aonde?

«Pela vida de Javé, teu Deus, não há nação nem reino aonde (onde) meu amo não tenha mandado te procurar (...)»

Obrigado.

Fernando Bueno Engenheiro Belo Horizonte, Brasil 42

A oração em análise pode ser introduzida por onde  ou por aonde.

O uso de preposições antes das palavras que introduzem as orações relativas está diretamente relacionado com as regências dos verbos das orações que estas palavras introduzem. Atentemos nas frases (1) e (2):

(1) «Ele comprou-me este livro.»

(2) «Eu gosto muito deste livro.» 

Se pretendermos unir as frases, de modo a formar uma frase complexa, o resultado seria o que se observa em (3):

(3) «Ele comprou-me este livro de que gosto muito.»

A presença da preposição antes do pronome relativo que deve-se ao facto de o verbo gostar reger a preposição de.

Se atentarmos na frase apresentada pelo consulente:

(4) «Pela vida de Javé, teu Deus, não há nação nem reino aonde / onde meu amo não tenha mandado te procurar (...)»

verificamos que ela inclui uma oração relativa que pode corresponder a duas frases simples distintas (omitimos a negação para facilitar a análise):

(5) «O meu amo mandou-te procurar em todas as nações e reinos.»

(6) «O meu amo mandou (alguém) a todas as nações e reinos procurar-te.» 

Este exercício permite verificar que, se a opção passar por estabelecer uma relação entre o verbo procurar e o constituinte «nação e reino», sendo este constituinte complemento direto do verbo, na formação de uma oração relativa haverá lugar ao uso do onde, pois o verbo não rege nenhuma preposição. Neste caso, a frase correta será:

(7) «Pela vida de Javé, teu Deus, não há nação nem reino onde meu amo não tenha mandado te procurar (...)»

Se o constituinte «nação e reino» estiver ligado ao verbo mandar este rege a preposição a. Neste caso, na formação da oração relativa, o advérbio onde será antecedido desta preposição:

(8) «Pela vida de Javé, teu Deus, não há nação nem reino aonde meu amo não tenha mandado te procurar (...)»

 

Disponha sempre!

Carla Marques
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: advérbio
Áreas Linguísticas: Sintaxe Campos Linguísticos: Regência