Início Respostas Consultório Classe de palavras: nome próprio
Armando Dias Reformado Lisboa, Portugal 586

No noticiário à volta do chamado fenómeno, também descrito como "jogo", Baleia Azul, tenho lido, e ouvido, o termo ora com artigo, ora não, no feminino ou no masculino, mas também no género neutro. Por exemplo: «Primeira vítima da Baleia Azul em Portugal», «O Baleia Azul é jogado sobretudo na famosa rede social russa VKontakte», «Desafio da Baleia Azul: o jogo que já matou três pessoas», «Baleia Azul faz vítimas entre os adultos», «Fazer um voto de que você é realmente uma Baleia Azul».

Em que ficamos?

Guilherme Ramso Pestana Estudante Funchal, Portugal 591

Como se escreve corretamente o nome do pico do Areeiro, na ilha da Madeira? É comum ver-se escrito «Pico do Arieiro», com i, em jornais e até no respetivo artigo na Wikipédia. No entanto, penso ser Areeiro, com e, a forma correta, pois o nome tem a mesma origem de areia e consta noutros topónimos portugueses.

João Carlos Amorim Reformado Lisboa, Portugal 670

A propósito da alusão à popular «alma até Almeida», no Pelourinho A "intensão" da SIC, assinado por Domingos Lopes, gostava de saber a origem da expressão «alma até almeida».

Benjamim Miratorres Estudante Tomar, Portugal 429

Começo por saudar calorosamente a equipa do Ciberdúvidas, congratulando-a pelo excelente serviço que nos tem prestado ao longo destes anos.

Depois de várias pesquisas, verifiquei que existem teorias contraditórias sobre a origem do topónimo Tomar referente à cidade do distrito de Santarém. Sabendo da vasta experiência dos consultores deste portal, perguntar-vos-ia qual seria na vossa opinião a teoria mais credível, mais provável acerca da origem do nome desta linda cidade.

Ricardo Tomás Estudante Portalegre, Portugal 538

Li que o nome da vila de Marvão é de origem germânica.

Qual é a vossa opinião?

Ana Rendeiro Esteticista Setúbal, Portugal 697

Gostaria que me esclarecessem como se pronuncia o nome Lais. É de ressalvar que em Portugal o nome não apresenta qualquer acento (grave ou agudo, a letra i é simples).

Obrigada.

Renato Souza Rio de Janeiro, Brasil 329

É lícito criar o topónimo "Burgo de São Pedro" para denominar a cidade russa "Sankt-Peterburg" ?

P.S.: Reconheço haver a forma "São Petersburg".

Gabriel Rossi Estudante São Joaquim da Barra – SP, Brasil 545

"Hiroshima", ou "Hiroxima"? "Bangladesh", "Bangladeche" ou "Bangladexe"? Seria facultativo, nos casos em que a adaptação ao idioma é pouco usada, podendo dar preferência a forma consagrada ?

João Pedro Fonseca Jornalista Lisboa, Portugal 335

 [Atualmente chamada Frente Fatah al-Sham], [escreve-se] «Frente "al-Nusra"» ou «Frente "al-Nosra"»?

Os anglo-saxónicos usam com u, os francófonos com o.

Diogo Morais Barbosa Revisor Lisboa, Portugal 387

Diz-se numa resposta anterior: «O uso de p maiúsculo em Península Ibérica não é recente. Já em 1947, Rebelo Gonçalves no seu Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (pág. 338/339), assinalava algumas combinações vocabulares que "apesar de baseadas em palavras designativas de acidentes geográficos, formam no seu conjunto locuções toponímicas e, consequentemente, não dispensam a maiúscula inicial naqueles elementos: Grandes Lagos, Península Ibérica, etc.»". Pergunta: a maiúscula em Península aplica-se apenas a «Península Ibérica» (é um caso excecional) ou este acidente geográfico deve sempre ser grafado com caixa alta?

Obrigado.