Uma visão poliédrica das palavras e a língua portuguesa pelo mundo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
Uma visão poliédrica das palavras e a língua portuguesa pelo mundo
Uma visão poliédrica das palavras e a língua portuguesa pelo mundo
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 138

1. A nova atualização do Consultório mostra-nos as múltiplas abordagens que as palavras permitem: a sua pronúncia e história (nome xibolete), o seu significado metafórico (verbo girar), a sua função sintática (advérbio quase) e as suas relações semânticas (pai família).  

2.  No âmbito das notícias relacionadas com a língua, destaque para:

— As eleições legislativas na Guiné-Bissaurealizadas no domingo, dia 10 de março (para mais detalhes, consultar artigo do jornal Observador), que marcam um momento importante na história recente do país que aqui assinalamos recordando um conjunto de itens que foram publicados no Ciberdúvidas:

Algumas questões linguísticas relacionadas com a Guiné-Bissau disponíveis no arquivo do Ciberdúvidas: A língua e os nomes na Guiné-BissauCom 310 mil palavras de cinco países, VOC é um monumento da  lusofonia + a notícia da eleição de Icanha Itunga para diretor-executivo do IILP e algumas respostas relacionadas com a grafia e gentílicos (aqui, aqui e aqui). Também alguns programas de rádio, da responsabilidade do Ciberdúvidas na RDP África e na Antena 2, com assuntos deste âmbito foram tratados aqui, aqui e aqui). E, ainda, os artigos de Odete Semedo, escritora e investigadora do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas da Guiné-Bissau;

— O lançamento de dois cursos em língua portuguesa, no próximo ano letivo, na Universidade da Califórnia, relacionados com a literatura portuguesa, brasileira e cultura açoriana (mais detalhes na notícia);

— O alargamento do programa de ensino complementar do português à Suiça, um projeto que já deu os primeiros passos no Luxemburgo e na África do Sul (notícia IILP).