Os nomes pátrios da Guiné Equatorial e da Guiné-Bissau - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Os nomes pátrios da Guiné Equatorial e da Guiné-Bissau

Com a entrada da República da Guiné Equatorial [na CPLP], muitos jornalistas utilizaram os gentílicos guinéu-equatoriano e equato-guineense para o país, distinguindo-os assim dos da República da Guiné-Bissau (e também da República da Guiné, conhecida muitas vezes entre nós pelo oficioso Guiné-Conacri). Sabendo que este assunto já foi superficialmente tratado aqui no Ciberdúvidas, gostava no entanto de saber se é legítimo o uso de "equato-guineense"? É que nunca tinha ouvido falar do prefixo "equato-". E quanto ao "bissau-guineense" (usado por analogia com o inglês Bissau-Guinean)? Não seria uma boa alternativa para casos em que seja necessário distinguir os gentílicos das três Guinés?

Muito obrigado pelo esclarecimento.

João G. Pais Estudante Lisboa, Portugal 6K

O Dicionário Houaiss, o Dicionário Priberam (DP) e o Dicionário da Língua Portuguesa, da Porto Editora (DLP-PE),  registam guinéu-equatoriano. No entanto, o primeiro dos referidos  dicionários também dá outra pista ao registar a forma equatoro-guineo- como antepositivo usado em compostos em que se coordenam dois gentílicos (cf. afro-asiático); Sendo assim, poderia propor-se a forma não atestada "equatoro-guineense". Por outro lado, o DP e o DLP-PE já registam uma forma com o elemento de composição equato- (não é um prefixo, mas também não é a rigor um radical; é um elemento de composição obtido por truncação): equato-guineense.

Quanto ao gentílico da Guiné-Bissau, não se afigura descabido propor, em alternativa ao decalque do inglês "bissau-guineense", as formas não atestadas guinéu-bissauense ou guinéu-bissanense, que incluem os gentílicos correspondentes a Bissau, bissauense e bissanense (cf. DP e DLP-PE).

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma