Dissomia, os maus usos da língua, Liechtenstein em português e «a bela palavra» desenrascanço que o inglês «deveria roubar» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
Dissomia, os maus usos da língua, Liechtenstein em português e «a bela palavra» desenrascanço que o inglês «deveria roubar»
Dissomia, os maus usos da língua, Liechtenstein em português
e «a bela palavra» desenrascanço que o inglês «deveria roubar»
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 163

1. No Consultório, identificamos dissomia como a palavra procurada por um consulente para traduzir um termo do francês. Indaga-se, ainda, a origem da expressão «grande soda», a regência do verbo dignar-se (com preposição a, de ou sem preposição) e a grafia de um topónimo alemão (Listenstaine ou "Lichtenstein"?). 

2. Diferentes rubricas do Ciberdúvidas apresentam atualizações:

– A mais recente publicação de Manuel Monteiro, revisor linguístico e formador, intitulada Por Amor à Línguaé apresentada na Montra de Livros, numa apreciação que equaciona pontos fortes e fracos de um livro que procura diagnosticar e corrigir os vícios da «linguagem que por aí circula», como se refere no subtítulo;

– A confusão entre lasso e laço, identificada na notícia da edição digital de um jornal desportivo, motiva um novo apontamento no Pelourinho, onde se dá conta das diferenças entre as duas palavras homófonas; 

– No Correio, debate-se uma questão de ordem político-económica que busca razões para não serem vendidas obras portuguesas no Brasil. 

3.  Entre as atualidades no âmbito da língua portuguesa:

– A Universidade Aberta está a liderar a criação de uma rede de ensino a distância em conjunto com seis instituições de ensino superior de países de língua oficial portuguesa. Este projeto estuda a criação de cursos livres, licenciaturas, mestrados e mesmo doutoramentos, que poderão ser frequentados nos países lusófonos a partir de casa;

 A propósito de ensino a distância, lembramos o projeto Ciberescola da Língua Portuguesa, que oferece materiais gratuitos de apoio à aprendizagem do português, bem como cursos de Português Língua Estrangeira (PLE) a alunos adultos, dados através de videoconferência. 

– Num artigo publicado na sua página, a Vortexmag recorda-nos que o sítio BuzzFeed incluiu em 2015 a palavra desenrascanço entre as "28 mais belas palavras que a língua inglesa deveria roubar" ao japonês, ao francês, ao indonésio, entre muitas outras línguas. São palavras belas sem tradução para a língua inglesa e que são explicadas aos leitores por meio de paráfrases. A palavra desenrascanço foi apresentada como «improvisação de última hora de uma solução apressada mas perfeitamente eficaz» (tradução proposta no artigo sobre o assunto) significado a que se segue a referência à conhecida personagem fictícia de uma série dos anos 80, MacGyver, mestre na resolução improvisada de problemas complexos, no desenrascanço, diriam os portugueses (cf. lista de palavras selecionadas aqui).

    Uma questão sobre o verbo desenrascar e a sua origem passou já pelo Consultório e a seleção da palavra pelo sítio BuzzFeed foi também devidamente assinalada (aqui).

4.  Destaque também para o programa Língua de Todos, que entrevista Iolanda Ogando, da Universidade da Estremadura, de Badajoz, sobre os portuguesismos como estratégia para a reivindicação da literatura nas aulas de Português como Língua Estrangeira (na RDP África, na sexta-feira, dia 30 de novembro, pelas 13h15*, com repetição no sábado, 1/12). No programa Páginas de Português, emitido pela  Antena 2, no domingo, 2 de dezembro, às 12h30* (com repetição no sábado seguinte, 8/12, às 15h30), estaremos à conversa com Manuela Pargana Silva, coordenadora nacional da Rede de Bibliotecas Escolares, sobre os 20 anos deste projeto e os desafios para o futuro.

Os programas Língua de Todos, e Páginas de Português  ficam  disponíveis posteriormente aqui e aqui. Hora oficial de Portugal continental.