A polissemia da palavra dança, o x de enxabido, o país dos Fonsekas e dos "Perera" e o saboroso linguajar carioca - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
A polissemia da palavra dança, o x de enxabido, o país dos Fonsekas e dos "Perera" e o saboroso linguajar carioca
A polissemia da palavra dança, o x de enxabido,
o país dos Fonsekas e dos "Perera" e o saboroso linguajar carioca
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 137

1. Neste dia, 29 de abril, assinala-se o Dia Mundial da Dança, uma data instituída pela UNESCO, em 1982, que pretende dar visibilidade a esta forma de arte, destacando a sua importância e alguns dos seus momentos marcantes. Vale a pena recordar  a polissemia do verbo dançar, que, para além do sentido denotativo de «mover o corpo de forma cadenciada» (Dicionário Priberam , em linha), pode também significar «sair-se mal», «ser detido», «ser posto de lado», «não dar certo» e mesmo «ser morto» – como esclarece o professor Carlos Rocha na resposta Dançar = «não ser bem-sucedido».

Recordamos ainda as respostas A relação de hiperonímia de dança, «Portugal vai parar para dançar» e Melhor aprendiza de dança...

Na imagem: Dança (II), de Henri Matisse, 1910.

 

2. Na presente atualização do consultório, ficam disponíveis quatro novas respostas. Versam a origem e o significado do sufixo -um (por exemplo, na palavra cabrum), a razão do x em palavras como enxabido, a adequação da fórmula «Gostaríamos de convidá-los...» para abertura de um convite e a subclasse do verbo estar na frase «Estar guardado num cofre». 

3. Ainda sobre o ataque terrorista no Sri Lanka – Sri Lanca ou Seri Lanca na grafia aportuguesada –,  em crónica publicada no seu blogue Certas Palavras, o professor universitário e tradutor Marco Neves rememora a herança dos portugueses de quinhentos neste país da antiga Tapobrana: «Se aterramos nessa ilha em forma de lágrima e folhearmos uma lista telefónica, encontramos apelidos como: Silva, Fernando, Pereira, Almeida, Costa, Fonseka… São nomes relativamente comuns. O atual governo do Sri Lanka tem um ministro de apelido Fernando e outro de apelido «Perera» (uma variante de Pereira).»

A propósito dos crioulos de base portuguesa, recordamos algumas respostas no arquivo Ciberdúvidas: Crioulos, Crioulos de Ceilão, Dialecto, crioulo e patoáCrioulo, dialecto e «pidgin».  

4. A perda de vitalidade de algumas expressões típicas é o tema fulcral abordado pelo jornalista e escritor brasileiro Joaquim Ferreira dos Santos no artigo "Meter  a língua onde não é chamado", que recorda o saboroso linguajar popular do Rio de Janeiro (originalmente divulgada no jornal O Globo e no blogue do autor). Em tom jocoso, numa visão atrevida da verbalização interjetiva do prazer sexual, leia-se também o texto "Orgasmo multilíngue", que o jornalista e escritor brasileiro Ruy Castro assinou no Diário de Notícias em 27/04/2019.

5. Na sequência da visita do Presidente da República português, Marcelo Rebelo de Sousa, à China, o presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da LínguaLuís Faro Ramos, concedeu uma entrevista ao Diário de Notícias, na qual destaca os 4000 estudantes chineses que atualmente se dedicam a estudar a língua portuguesa: «Dentro de dois ou três anos haverá 50 doutorados em Português na China. É impressionante!»

6. Um último registo  para a Semana da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP. Organizada pela Universidade Cabo Verde, no âmbito da qual terá lugar o Painel Interagir para Aprender – Contributos para a Aprendizagem de Português Língua Segunda, decorrerá no dia 2 de maio, com organização da Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa e do instituto Camões. «Dentro de dois ou três anos haverá 50 doutorados em Português na China. É impressionante!»

7. Devido ao feriado do 1.º Maio, Dia do Trabalhador, a próxima atualização fica marcada para sexta-feira, dia 3 de maio.