Marco Neves - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Textos publicados pelo autor
As delícias das pequenas palavras portuguesas
De "bá" a "zá"

«Pensei [...] nas palavras pequenas, daquelas simples, só com uma consoante e a letra a…» Passando à ação, o tradutor e divulgador de temas linguísticos Marco Neves propõe um pequeno percurso comentado por monossílabos que começam pelas letras consoantes do alfabeto português. Texto publicado em 1 de julho de 2018 no blogue Certas Palavras e no livro Almanaque da Língua Portuguesa (Guerra & Paz, 2020). Mantém-se a ortografia de 1945, que é a seguida pelo autor.

«O comer» é erro de português?
Arrepios não fazem erros

Criticando a atitude de quem diz "arrepiar-se" com a expressão «o comer», no sentido de «a refeição», o tradutor e divulgador de temas linguísticos Marco Neves argumenta que se trata de um uso correto e exorta a «parar com esse disparate de querer impedir os verbos de se transformarem em nomes», pois «[a]inda nenhum dos nossos bisavós tinha nascido e já os portugueses transformavam verbos em nomes (entre outras malfeitorias)». Apontamento publicado no blogue Certas Palavras em 26 de julho de 2020 (mantém-se a ortografia de 1945, seguida no original).

Qual é a origem da palavra <i>avião</i>?
Máquinas, palavras e inventores

«Numa semana em que a TAP e a falta de aviões cheios de ingleses dominaram as notícias, investigo a origem da palavra avião» – declara o tradutor, professor universitário e divulgador de temas de linguística Marco Neves, a propósito do que foi notícia em 5 de julho de 2020. Crónica publicada no Sapo 24 e no blogue Certas Palavras e aqui transcrita, mantendo a ortografia original (norma de 1945).

Quanto é um bilião em Portugal?
O bilião inglês vs. o bilião português

O professor universitário e tradutor Marco Neves reflete sobre os problemas da tradução da palavra bilião do inglês para o português, uma vez que os conceitos são diferentes nas duas línguas. 

A origem da palavra <b>criança</b>
Do português ao castelhano e ao catalão

Criança, niño e niña, nen e nena  é como se diz em português, em castelhano e em catalão – escreve o o professor universitário e tradutor Marco Neves neste artigo publicado originalmente  no portal SAPO 24 e no blogue do autor  Certas Palavras no dia 1 de junho de 2020.