Pronomes clíticos: definição - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Pronomes clíticos: definição

O que são pronomes clíticos na perspectiva de Mira Mateus et al.?

Sandra Maibeque Professora Beira, Moçambique 32K

Segundo a Gramática da Língua Portuguesa (Editorial Caminho), de M.ª Helena Mira Mateus et al., os pronomes clíticos são pronomes pessoais que também podem ser designados pronomes átonos ou clíticos especiais.* Os pronomes pessoais denotam a pessoa gramatical das entidades participativas no ato comunicativo. Os pronomes clíticos, por sua vez, correspondem às formas átonas do pronome pessoal que ocorrem associadas à posição dos complementos dos verbos. Exemplos:

1. «Dá-me um abraço.»

2. «Não lhe disse que ia chover?»

3. «O meu irmão? Levá-lo-ei comigo.»

* A designação de pronomes átonos é a corrente na tradição gramatical (cf. Manuel Said Ali, Dificuldades da Língua Portuguesa, 1908; Celso Cunha e Luís F. Lindley Cintra, Nova Gramática do Português Contemporâneo, 1984; Evanildo Bechara, Moderna Gramática Portuguesa, 1999); a noção de clíticos especiais foi introduzida por Arnold Zwicky (On Clitics, 1977).

Susana Ramos
Tema: Classes de palavras Classe de Palavras: pronome
Áreas Linguísticas: Gramática; Sintaxe