O conceito de deixis - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O conceito de deixis

Gostava de saber o significado da palavra “deixis” e a sua aplicação em situação de texto.

Joana Andrade Estudante Portugal 8K

As formas registadas pelo Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa são díxis e dêixis, criadas a partir do grego ‘deîksis,deíkse,ós’ «citação, demonstração, prova, exposição», cognato, isto é, derivado do mesmo vocábulo ou raiz que o verbo grego, ‘deíknumi’ «mostrar». É termo introduzido pelos estudos linguísticos. Em Portugal, o Dicionário Terminológico (DT) apresenta a entrada deixis (cf. "C.1.1. Comunicação e interacção discursivas") em cujo verbete se utiliza a forma deíctico.

Segundo o DT, a deixis constitui um fenómeno de referenciação através do qual se usam palavras cujo sentido é sempre renovável, porque remetem para a situação de enunciação (isto é, procurando uma simplificação, o momento em que se fala). A deixis é, pois, uma propriedade linguística do discurso que permite que, relativamente a cada situação de comunicação, existam marcas que identificam o sujeito que fala (sujeito da enunciação), aquele ou aquela a quem se fala (o interlocutor), o tempo e o espaço de enunciação, os objectos, entidades e processos constitutivos do contexto situacional e a referenciação dos signos utilizados no discurso. Deste modo, o pronome eu é definido como aquele que diz eu, tu como aquele a quem eu me dirijo, agora como o momento em que eu falo, aqui como o espaço em que eu falo, isto como o objecto que está ao pé de mim, que falo, etc. Têm referenciação deíctica as seguintes classes de palavras:

 

• Pronomes pessoais
• Pronomes e determinantes possessivos
• Pronomes e determinantes demonstrativos
• Artigos
• Advérbios de lugar e tempo
• Tempos verbais
• Algumas unidades lexicais ( ir/ vir, chegar)

 

Quando a consulente pede que comente a aplicação da deixis à «situação de texto», penso que se refere à possibilidade de o próprio enunciado ser encarado como um espaço. Por exemplo, os demonstrativos podem marcar relações espaciais intrínsecas a um texto:

(1) A Rita deu um livro ao Pedro. Este ficou muito contente.

Em (1), este é um demonstrativo utilizado como anáfora textual, já que reitera o conteúdo de um elemento informacional («Pedro»). Este comportamento deriva das propiedades deícticas aplicadas ao espaço intratextual e não ao contexto situacional.

 

Cf. DeixisO lugar da deixis na descrição da língua + A deixis e a referência deíctica (I) A deixis e a referência deíctica (II)

Carlos Rocha
Tema: TLEBS
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto; Morfologia Campos Linguísticos: Deixis