O composto manga-pagode - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
O composto manga-pagode

Deve escrever-se «manga pagode», «manga-pagode», «manga de pagode», «manga à pagode»?

Ricardo Alameda Estudante Lisboa, Portugal 42

Há duas grafias possíveis: manga pagode manga-pagode (manga de camisolas/vestidos, influenciada pela moda egípcia e que se caracteriza por ser mais aberta na base do que no ombro). Apesar de as consultas levadas a cabo na Internet demonstrarem que geralmente não ocorre a hifenização nesta construção, formada por dois substantivos como outras expressões semelhantes – «manga balão», «manga quimono» –, afigura-se preferível o uso do hífen neste tipo de compostos. Veja-se o que se diz na base XVI do Acordo Ortográfico de 19901.

«Emprega-se o hífen nas palavras compostas por justaposição cujos elementos, de natureza nominal [...] constituem uma unidade sintagmática e semântica e mantêm acento próprio [...]: ano-luz, arcebispo-bispo, arco-íris, decreto-lei, [...] médico-cirurgião, rainha-cláudia, tenente-coronel, tio-avô, turma-piloto [...]» .

Ora, no caso em apreço, estamos perante dois elementos de «natureza nominal» – manga e pagode –, que constituem uma unidade sintagmática e semântica, pelo que será de prever o uso do hífen: manga-pagode.

1 Cf. também a base XXVIII do Acordo Ortográfico de 1945, que esteve plenamente vigente em Portugal até 2009.

Sara Mourato
Tema: Acordo Ortográfico Classe de Palavras: substantivo