Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Homografia e paronímia, novamente

Num dos exercícios de uma ficha de trabalho que tenho de realizar para a escola, perguntam-me para identificar o erro presente em cada uma destas seguintes frases:

«O cartoon critica, frequentemente, situações, opiniões, etc.»

«A caricatura nem sempre é uma crítica.»

Pois bem, eu não consigo identificar o erro. Esta matéria enquadra-se na relação de paronímia entre as palavras.

Espero que me possam esclarecer.

Diana Fernandes Estudante Porto, Portugal 5K

Erro também não encontro (no Brasil, freqüentemente ainda tem trema, mas a consulente vive em Portugal). Se se trata da relação de homografia, há, no entanto, duas palavras que a exibem: critica e crítica.

Relembro que tradicionalmente homógrafas são as palavras que têm idêntica ortografia, mas acentuação e significação diferentes (ver Compêndio de Gramática Portuguesa de J.M. Nunes de Figueiredo e A. Gomes Ferreira); neste caso, a principal diferença está na acentuação, visto critica (forma do verbo criticar) ser uma paroxítona, e crítica (substantivo), uma proparoxítona.

Acrescente-se, no entanto, que esta classificação não é consensual, já que o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa considera homógrafos «apenas os vocábulos que se escrevem com as mesmas letras e que não se diferenciam pela acentuação gráfica», por exemplo, transtorno (substantivo, com "ô" fechado) e transtorno (flexão do verbo transtornar com "ó" aberto); os homógrafos imperfeitos, que são «palavras que se diferenciam pela acentuação tônica e gráfica», são tratados pelo referido dicionário como {#parónimos|parônimos}. Quer isto dizer que igualmente se classifica como paronímica a relação entre crítica e critica.

Carlos Rocha